Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
23/05/13 às 15h24 - Atualizado em 30/10/18 às 15h05

Saúde inaugura mais um centro para tratar usuários de álcool e drogas

COMPARTILHAR

 Atendimento aos pacientes infantis é um avanço nas políticas públicas

O Centro de Atenção Psicossocial, especializado em Álcool e Drogas infanto juvenil (CAPS – ADi III) de Taguatinga será inaugurado, nesta sexta-feira (24), às 10h, para atender crianças e adolescentes, na faixa etária de 10 a 18 anos e usuários de qualquer tipo de bebida alcoólica e/ou drogas ilícitas.

Para o coordenador-geral de Saúde de Taguatinga, Otávio Augusto de Siqueira, o atendimento aos pacientes infantis acometidos do uso de drogas é um avanço nas políticas públicas para quem está iniciando a vida. “O CAPS ADi III é a oportunidade de auxilio no tratamento das crianças e adolescentes que se envolveram com álcool e drogas. Vamos desvincular o uso das drogas como marginalidade e sim tratá-la como doença.”

O acolhimento ao paciente será realizado em todos os dias da semana das 07h às 19h. O atendimento funcionará 24 horas por dia, como serviço aberto (independente de encaminhamento). A permanência do paciente que tenha indicação de desintoxicação leve será de 14 dias, no máximo.

A gerente do CAPS – ADi III, Denise Santoro Helmer Gonçalves, destaca a importância de ajudar o adolescente a construir seu projeto de vida e buscar outras formas de satisfação pessoal longe das drogas.”O nosso atendimento será voltado à oferecer oportunidade para que essas crianças se integrem socialmente. Por isso, um dos focos do tratamento será a reconstrução da instituição família, para que o adolescente tenha em casa, aquilo que busca nas ruas.”

 Serviços de atendimento           

O CAPS – ADi III de Taguatinga atenderá crianças e adolescentes residentes em: Taguatinga, Samambaia, Águas Claras, Vicente Pires, Ceilândia, Brazlândia, Gama, Santa Maria e Recanto das Emas. As demais cidades serão atendidas pelo CAPS ADi III de Brasília.

A equipe de profissionais que atenderá na unidade é especializada neste tipo de serviço, sendo composta por dois clínicos, um psiquiatra, seis psicólogos, quatro terapeutas ocupacionais, dois assistentes sociais, dois farmacêuticos, 10 enfermeiros e 17 técnicos de enfermagem.

Estrutura física

Os pacientes atendidos pelo CAPS – ADi III de Taguatinga contarão com uma estrutura física moderna e adequada para a sua situação clínica. Para isso, serão disponibilizadas quatro salas para oficinas (motivacional, prevenção de recaída, plano terapêutico, grupo multifamiliar, entre outras); oito enfermarias (quatro feminina e quatro masculina); quatro consultórios clínicos; uma farmácia; um jardim interno e uma cozinha industrial, que, também, servirão para uso terapêutico.

SERVIÇO:

A unidade está localizada na QNF – Área Especial 24 – Taguatinga Norte.

Leia também...