Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
23/04/13 às 19h21 - Atualizado em 30/10/18 às 15h05

GDF inaugura centro de atenção a dependentes de álcool e drogas em Samambaia

Atendimento 24 horas a pacientes e familiares

Samambaia ganhou nessa terça-feira (23) um novo Centro de Atenção Psicossocial – Álcool e Outras Drogas, tipo III (CAPS-AD III). A unidade funcionará 24 horas e realizará acolhimento diário, por demanda espontânea, a usuários adultos de álcool e drogas como também a seus familiares.

Durante a solenidade de inauguração, o governador Agnelo Queiroz ressaltou a importância do novo serviço para a população. “O CAPS proporcionará a recuperação dos pacientes e sua reinserção na sociedade. Além da estrutura física, há também uma equipe multiprofissional, bem preparada e dedicada para atendê-los”, enfatizou.

Agnelo também destacou a estrutura de saúde de Samambaia e a intenção de ampliar ainda mais os serviços. “Samambaia é um modelo de fato. Uma das maiores coberturas de saúde que o DF tem hoje. Vamos inaugurar mais uma Clínica da Família na quadra 302 e outra que já está quase pronta. Estamos também providenciando a ampliação do hospital para transformá-lo em hospital geral”, informou.

O secretário de Saúde, Rafael Barbosa, comparou o total de CAPS-AD III existentes no DF com o restante do país. “Atualmente, no Brasil, existem 27 centros como esse e somente o DF contará com cinco unidades”, ressaltou Rafael.

Os benefícios do novo centro foram apontados pelo gerente de Saúde Mental, Augusto César de Farias. “O CAPS-AD de Samambaia se destaca pela ampliação da cobertura assistencial para usuários de álcool e drogas do DF. Nesse contexto, a inserção de um projeto terapêutico individual garantirá a ida do paciente a um novo projeto de vida”, explicou.

Ao ser acolhido no serviço, o paciente e sua família participarão da construção de um projeto terapêutico individual, que visa sua reinserção social. O atendimento oferecido é individualizado, medicamentoso, psicoterápico, em grupos, bem como por meio de visitas domiciliares. O tratamento é voluntário, visando atender as necessidades de saúde do paciente e ofertando cuidados aos seus familiares.

Para o coordenador-geral de Saúde de Samambaia, Manoel Solange Fontes Teles, a inauguração do CAPS representa um ganho para a população. “É um passo importante no avanço da atenção primária no seu viés de assistência psicossocial”, completou Fontes.

A previsão de permanência do paciente na unidade é de, no máximo, 14 dias, para os casos que tenham indicação de desintoxicação e que fiquem em acolhimento integral. Na segunda etapa do tratamento, será trabalhada a reinserção social, em que o paciente poderá ser referenciado para a Unidade de Acolhimento – que será inaugurada em breve -, e também ser acompanhado em regime de atenção de base comunitária no próprio CAPS.

O CAPS – AD III está localizado na QS 107 Conjunto 7 Lotes 3 e 4, em Samambaia Sul – ao lado da UPA. O telefone para mais informações é o 3459-2581.

CAPS – Álcool e outras Drogas

A SES/DF conta hoje com sete CAPS-AD nas regionais do Guará, Sobradinho, Ceilândia, Itapoã, Santa Maria, Plano Piloto (Rodoviária) e Samambaia, além do atendimento do Adolescentro. Com funcionamento 24 horas – tipo III – são somente as unidades da Rodoviária e de Samambaia.

O Plano Distrital de Enfretamento ao Crack e Outras Drogas prevê ainda a inauguração nos próximos meses de mais dois CAPS – AD III, voltados para a população infanto-juvenil, na Asa Norte e Taguatinga. Está prevista também a transformação do CAPS de Ceilândia para funcionamento 24 horas.


Iêda Oliveira