Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
5/12/14 às 17h36 - Atualizado em 30/10/18 às 15h11

Carretas da Mulher param por 60 dias para manutenção

COMPARTILHAR

Exames podem ser realizados na Rede de Saúde do DF

BRASÍLIA (05/12/14) – As Unidades Móveis de Saúde, conhecidas como Carretas da Mulher,  finalizaram seus atendimentos para o ano de 2014.  Desde o dia 1º de dezembro os veículos pararam para manutenção, e está previsto que os reparos durem 60 dias.

Durante esse período, as pacientes que precisarem de exames de mamografias, ecografias e preventivo de colo de útero (papanicolau) devem recorrer à Rede de Saúde do DF.

Os exames de mamografias são regulados pela Central de Regulação de Exames da Secretaria de Saúde/DF. A paciente que portar um pedido para esse procedimento, deve se dirigir ao centro de saúde mais próximo de sua residência para marcação.

As ecografias são marcadas diretamente nos hospitais, basta a apresentação do pedido e de um documento de identificação. Todos os hospitais regionais possuem aparelhos para realização do procedimento.

Já o exame de papanicolau é realizado em todos os centros de saúde e pelas equipes de saúde da família, nas clínicas da família.

Carreta

A Carreta da Mulher realizou, até 10 de novembro de 2014, 104.854 exames. Desde sua criação, em 8 de março de 2012, foram 217.039 procedimentos realizados. O programa passou por todas as regiões administrativas do DF. Uma carreta também foi disponibilizada para atendimento as pacientes da Região Integrada de Desenvolvimento (RIDE). Cidades como Valparaíso, Águas Lindas e Planaltina de Goiás receberam  visita da unidade móvel.

Nesses quase três anos de funcionamento, o serviço buscou, principalmente, facilitar o acesso à Saúde das pacientes mais distantes dos centros e diminuir a demanda nos hospitais.

Leia também...