Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
7/11/13 às 20h18 - Atualizado em 30/10/18 às 15h09

Centro de Saúde da Candangolândia será ampliado

COMPARTILHAR

Unidade ganhará novas alas para atendimento à população


Pacientes e servidores do Centro de Saúde da Candangolândia receberam nesta quinta-feira (7) a visita do secretario de Saúde, Rafael Barbosa, acompanhado por gestores da secretaria. Na ocasião, Barbosa autorizou a ampliação da unidade, que passará a contar com mais consultórios.

Segundo o secretário, as visitas ocorrem em todos os locais que recebem a Unidade Móvel de Saúde da Mulher. Na Candangolândia, a unidade permanece até essa sexta-feira (8), tendo realizado mais de mil exames em duas semanas.

“A Carreta da Mulher é um sucesso, tanto que em pouco tempo estaremos recebendo mais uma. Serão quatro unidades percorrendo todas as cidades do DF e essa cidade receberá, tão logo seja possível, mais uma visita”, acrescentou. Barbosa revelou que o Distrito Federal está sendo copiado por outros estados que aprovaram o modelo de atendimento itinerante implantado com a Unidade Móvel de Saúde.

Mais de cem mil exames já foram realizados pelas três carretas da mulher, o que levou o GDF a investir também na Carreta da Oftalmologia, que em breve estará ruas. “Nossa meta é fazer 250 cirurgias de catarata e 600 consultas de oftalmologia por dia”, disse Rafael Barbosa, que esteve acompanhado pelo coordenador geral de Saúde Pedro Zancanaro e pelo administrador da Candangolândia, João Hermeto, que ofereceu um café da manhã a todos os presentes.

Ainda durante a visita, o secretário pediu ao administrador a criação de um projeto de arquitetura para a ampliação do Centro de Saúde e assinou uma ordem de serviço para a recuperação e impermeabilização do telhado da área existente atualmente.

Para o coordenador Pedro Zancanaro, o fruto do empenho dos servidores da saúde é evidente. “Aproveitamos os incentivos que a unidade vem recebendo por parte da Secretaria de Saúde e isso faz com que toda a equipe realize um serviço de excelência. Prova disso é o fato da nossa produção médica ser muito boa, o conselho de saúde participar das decisões da Saúde e a própria resposta que recebemos da população”, ressaltou.

Outro benefício que foi solicitado pela Coordenação de Saúde foi a reposição do quadro de servidores que se aposentam, especialmente dos técnicos de enfermagem e agentes de saúde, profissionais que são considerados essenciais para a manutenção dos serviços em atenção primária (prevenção e orientação em saúde).

O que vem de novo por aí:

• Carreta da Oftalmologia – 250 cirurgias de catarata e 600 consultas por dia
• Mais uma Carreta da Mulher – totalizando quatro em todo o DF
• Mais contratações – reposição do capital humano que se aposenta
• Nova ala de consultórios no Centro de Saúde da Candangolândia
• Mais 11 UPAS – seis já em construção – duas em Ceilândia, duas em Taguatinga, uma no Gama e uma em Sobradinho II

Por Arielce Haine, da Agência Saúde DF
Atendimento à imprensa
(61) 33482547/2539 e 9862-9226

Leia também...