Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
24/07/20 às 11h30 - Atualizado em 27/07/20 às 14h29

Centro Obstétrico do Hospital da Região Leste é revitalizado

COMPARTILHAR

Local recebeu várias readequações que tornaram o ambiente mais humanizado

 

JURANA LOPES, DA AGÊNCIA SAÚDE DF

 

O Centro Obstétrico do Hospital da Região Leste (HRL), no Paranoá, foi totalmente reformado. Além disso, houve a ambientação do local de acordo com as recomendações da Rede Cegonha. O ambiente foi revitalizado, ganhou pontos na rede de gases medicinais, e pintura tornou o espaço mais agradável.

 

Berço aquecido instalado no CO do HRL – Foto: Geovana Albuquerque/Agência Saúde DF

“Essa entrega só foi possível com o contrato de manutenção ativo. Foi realizada pintura das salas de pré-parto e em todos os consultórios, adição de seis pontos de oxigênio, retirada de todas as infiltrações, troca de portas de madeira por vidro”, informa a superintendente da Região de Saúde Leste, Raquel Belivaqua.

 

Equipe comemora as adequações feitas no espaço – Foto: Geovana Albuquerque/Agência Saúde DF

Espaço mais humanizado

 

Segundo a superintendente, a reforma fez do Centro Obstétrico do HRL um espaço mais humanizado e acolhedor para as usuárias e um ambiente de trabalho mais salubre e confortável para os servidores.

 

Adequações seguem protocolo e recomendações da Rede Cegonha – Foto: Geovana Albuquerque/Agência Saúde DF

“A ideia de dar cores e nomes às Salas de pré-parto deu-se pelo desejo tornar o ambiente mais acolhedor para nossas parturientes. Para que trabalho de parto e o parto ficassem marcados em um ambiente preparado com carinho”, relata a supervisora de Enfermagem do CO, Viviane Caetano.

 

Salas ganharam nomes de identificação, como a sala 1 Borboletas – Foto: Geovana Albuquerque/Agência Saúde DF

Ela conta que há muito tempo teve essa ideia, contudo nunca dava certo. Então, aproveitou a reforma para trocar as cores das paredes e, com a colaboração de toda a equipe, elaborou os adesivos.

 

A sala 2 ganhou o nome Flores – Foto: Geovana Albuquerque/Agência Saúde DF

De acordo com a enfermeira obstétrica Cristiane Teixeira, as cores diferentes ajudam na melhor ambiência do local, ajudam no trabalho de parto e parto e tornam o local mais agradável para a equipe.

 

EDIÇÃO: JOHNNY BRAGA

REVISÃO: JULIANA SAMPAIO