Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
11/11/13 às 14h45 - Atualizado em 30/10/18 às 15h09

GDF oferece tratamento médico com plantas medicinais

COMPARTILHAR

Farmácia viva  manipula e distribui fitoterápicos

Cerca de 13 mil atendimentos de janeiro a outubro deste ano. É o balanço do Centro de Referência em Práticas Integrativas em Saúde de Planaltina (Cerpis). Pioneira no tratamento com ervas medicinais, a unidade já atendeu pessoas de todo o Distrito Federal e Entorno, nas áreas de homeopatia, acupuntura, terapias comunitárias, automassagem, oficinas integrativas, e na distribuição e manipulação de produtos fitoterápicos.

Na área da fitoterapia, o Centro tem uma farmácia viva que orienta, manipula, distribui mudas, plantas medicinais e produtos fitoterápicos gratuitamente para a população. Além dos cinco centros de saúde, nove postos rurais e três Unidades Básicas de Saúde da região.

O Centro integra a política de Atenção Primária em Saúde do Governo do Distrito Federal. Dentro do Cerpis, em uma área de 20 mil metros quadrados, são cultivadas 50 espécies de ervas medicinais e produzidas pomadas, tinturas e xaropes para os moradores de Planaltina.

A professora aposentada Nacy Ribeiro de Castro usa a medicação distribuída no Centro e aprova, “os medicamentos naturais podem curar e prevenir várias doenças, eu sou testemunha, a minha saúde é ótima”, diz.

Segundo o coordenador da Cerpis, Marcos Freire, a intenção é promover cada vez mais o uso de medicamentos naturais e incentivar atividades físicas para os pacientes. “A prática de atividades físicas é um fator importante para a promoção da saúde, ajuda a pessoa a cuidar de si mesma, o que pode diminuir a necessidade de medicamentos e evita inúmeras doenças”, afirmou Freire.

Atendimentos – No Centro Fitoterápico, cerca de 30 profissionais atendem a comunidade nas especialidades de homeopatia, adulto e criança; psicologia, individual e grupo; terapias comunitárias; automassagem; tai chi chuan; Lian Gong; produção de fitoterápicos; e nas oficinas Integrativas.

Por Tatiane Gomes, da Agência Saúde DF
Atendimento à Imprensa
(61) 3348-2547/2539 e 9862-9226