Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
23/05/18 às 17h39 - Atualizado em 30/10/18 às 15h19

Ciclo de oficinas aborda acolhimento à demanda espontânea

 

Capacitação reúne servidores da Região de Saúde Centro-Sul. Foto: Divulgação

 

Começou, nesta quarta-feira (23), um ciclo de oficinas sobre acolhimento à demanda espontânea na atenção primária à saúde.

 

A capacitação é voltada a gerentes, supervisores, enfermeiros e médicos das equipes da Região de Saúde Centro-Sul, que engloba Guará, Estrutural, SIA, Candangolândia, Núcleo Bandeirante, Parkway, Riacho Fundo I e II.

 

A oficina ocorre no Centro de Treinamento e Capacitação (CTC), no Guará I, com carga horária total de 20 horas, sendo 8 horas de aulas e um momento de dispersão, de 12 horas, destinado à discussão do tema entre os servidores.

 

Outras duas oficinas serão realizadas nos dias 30 de maio e 5 de junho.

 

O conteúdo inclui temas como: acolhimento com avaliação de risco e vulnerabilidade; fluxogramas de acesso, modelos de acolhimento e gestão de agenda; mudanças no processo de trabalho nas unidades básicas de saúde (UBS); indicadores referentes ao acolhimento; entre outras.

 

Para a diretora de Atenção Primária da Região Centro-Sul, Cleunici Godois, “este momento representa uma provocação na mudança de como as equipes devem se organizar para acolher a demanda espontânea com equidade e qualidade.”

 

Ao fim do projeto espera-se sensibilizar e capacitar os gestores e as equipes de Saúde da Família da região quanto à importância de se implantar um bom acolhimento, para aumentar o grau de resolutividade das UBSs e melhorar as “portas de entrada” do Sistema Único de Saúde (SUS).

 

TEXTO: Leandro Cipriano, da Agência Saúde