Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
13/01/22 às 20h09 - Atualizado em 14/01/22 às 11h08

Confira os detalhes para a vacinação de crianças contra a covid-19

Imunização começa neste domingo (16) em 11 pontos de vacinação exclusivos para esse público

 

HUMBERTO LEITE, DA AGÊNCIA SAÚDE-DF | EDIÇÃO: MARGARETH LOURENÇO | REVISÃO: JULIANA SAMPAIO

 

A vacinação de crianças entre 5 e 11 anos contra a covid-19 começa neste domingo (16), das 8h às 17h. A primeira fase contempla crianças dessa faixa etária com comorbidades, deficiência permanente ou sob a tutela do Estado, e crianças sem comorbidades com 11 anos completos. Os detalhes foram apresentados, nesta quinta-feira (13), durante coletiva com a presença de gestores da Secretaria de Saúde.

 

No domingo, estarão abertos 11 postos de vacinação exclusivos para a vacinação das crianças (veja a lista abaixo). A criança deverá estar acompanhada do pai, mãe ou responsável, com documento de identidade e/ou caderneta de vacinação.

 

Coletiva de imprensa – Foto: Sandro Araújo/Agência Saúde-DF
Para as crianças com comorbidades ou deficiência permanente, é preciso apresentar laudo médico que comprove a sua condição clínica, de acordo com a lista de comorbidades indicadas como prioridade.

 

Cada um dos 11 pontos de vacinação contará com um responsável técnico e três aplicadores, dos quais um é para crianças com deficiência permanente, um para crianças com comorbidades e o terceiro para as crianças de 11 anos sem comorbidades. Nesses locais, quatro pessoas vão controlar o fluxo do público e três profissionais ficarão encarregados pela triagem, com verificação dos documentos, avaliação e adequação aos critérios, além de informar os responsáveis sobre a vacinação.

 

A subsecretária de Atenção Integral à Saúde, Paula Lawall, explicou que os responsáveis pelas crianças serão informados de que se trata da vacina específica contra a covid-19, da marca Pfizer-BioNTech, cujo frasco é na cor laranja, voltada para o público infantil. A dose de 0,2ml será aplicada em seringas de 1ml, também específicas para a vacinação infantil, conforme orientação do Ministério da Saúde (MS).

 

A subsecretária Paula lembrou que o DF é dose-dependente e segue estritamente as normativas orientadas pela Pasta Federal. Ela salientou que o planejamento dessa etapa de vacinação é dinâmico e sofre adequação à medida que o Ministério enviar novas orientações.

 

Crianças que tenham tomado outras vacinas recentemente devem esperar o intervalo de 15 dias para receber o imunizante contra a covid-19. A segunda dose deverá ser aplicada oito semanas após a primeira. Se uma criança de 11 anos completar 12 anos durante esse intervalo, irá completar seu ciclo vacinal com o imunizante para o público infantil, e não com o uso da versão destinada para quem tem acima de 12 anos.

 

Comorbidades

 

Veja a lista das comorbidades:

 

Segurança

 

Paula Lawall ressaltou que, em outros países, 8,7 milhões de doses da vacina da Pfizer-BioNTech foram administradas em crianças de 5 a 11 anos, no período de 3 de novembro a 9 de dezembro de 2021, sem a observação de eventos adversos graves. Ainda assim, as equipes da Secretaria de Saúde estão treinadas para identificar eventuais reações adversas. Em cada região de saúde do DF, haverá um médico disponível para o atendimento em caso de Evento Adverso Pós-Vacinação Grave (EAPV). As unidades do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) também estão informadas sobre os pontos de vacinação.

 

Doses disponíveis

 

O primeiro lote de vacinas recebido do Ministério de Saúde, 16.300 doses, não é suficiente para cobrir todo o público esperado. Serão enviadas 10 mil doses para os pontos de vacinação fixos listados abaixo e 6 mil para a campanha de vacinação itinerante, que tem início na segunda-feira (17). Nessa etapa, serão atendidas crianças portadoras de deficiência permanente com dificuldade de locomoção, crianças institucionalizadas, crianças vinculadas a instituições sociais e/ou de saúde (APAE, CrisDown, AUMA, ABRACI-DF, Associação DFDown, etc.).

 

De acordo com estimativa da Companhia de Planejamento do Distrito Federal (Codeplan), o Distrito Federal tem mais de 268 mil moradores entre 5 e 11 anos, com 40 mil deles na faixa de 11 anos e aptos a receber a vacina no domingo. As crianças com deficiências permanentes e comorbidades são mais de 18 mil. Para atender à demanda, a expectativa é receber mais 39.900 até o fim do mês. Em fevereiro, a previsão é da chegada de mais 94.500 doses e outras 109 mil vacinas em março.

 

O secretário de Saúde, general Manoel Pafiadache, informou que a campanha terá apoio das Administrações Regionais, DETRAN, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, CAESB e outros órgãos do Governo do Distrito Federal. Porém, o sucesso depende da colaboração de todos. “Vamos ter bom senso com as nossas crianças”, aconselhou.

 

Pontos de vacinação para crianças de 5 a 11 anos neste domingo (16):

 

  • UBS 20 Planaltina
  • UBS 2 Sobradinho II
  • UBS 1 Santa Maria
  • UBS 1 Paranoá
  • UBS 2 Brazlânda
  • UBS 17 Ceilândia
  • UBS 5 Taguatinga
  • UBS 12 Samambaia
  • UBS 1 Cruzeiro
  • UBS 1 Lago Norte
  • UBS 1 Guará

 

A campanha de vacinação para adultos continua, porém em outros locais. Confira a lista completa atualizada diariamente no site da Secretaria de Saúde.