Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
16/08/19 às 18h38 - Atualizado em 19/08/19 às 16h49

Crianças do Hmib recebem a visita de palhaços

COMPARTILHAR

Atividade foi oferecida pelo Sesc

 

A tarde dessa sexta-feira (16) teve mais cor, risadas, música e alegria do que de costume pelos corredores, alas e enfermarias do Hospital Materno Infantil de Brasília (Hmib). O grupo Risadinha – Uma ação pelo riso e pela saúde – chegou no meio da tarde para levar alegria, ludicidade, risada, cores e poesia para os pacientes, no intuito de tornar mais leve e ameno o ambiente hospitalar. A atividade é oferecida pelo Serviço Social do Comércio do Distrito Federal (Sesc).

 

A dupla de palhaços Pipino e Firula (Guilherme Carvalho e Lucas Ferrari, atores) andou por diversas alas do hospital e foi recebida com muito entusiasmo, não apenas pelos pequenos pacientes, mas também pelas mães, pais, acompanhantes e servidores que estavam trabalhando. Os dois entravam cantando nas enfermarias e o clima de festa já tinha início.

 

Os acompanhantes das crianças se divertem junto, como é o caso de Andréia Tavares, mãe do garoto Gabriel. “Eu gostei muito, eles são bem divertidos. Meu filho riu sem parar”, disse.

 

O pequeno Gabriel também ficou bastante empolgado com a visita. “Eles são legais, mas erraram toda a letra da música”, falou ele, em reação a uma das brincadeiras que os palhaços fizeram de cantar uma paródia e não exatamente a música escolhida por ele.

 

Médicos, enfermeiros e funcionários também foram contagiados pelas brincadeiras, que levaram leveza à realidade nem sempre suave de hospital. A coordenadora do Voluntariado Social do Hmib, Iliete Oliveira, que acompanhou toda a visita, não deixou de dar boas risadas da dupla de palhaços. “Não tem como não se divertir com a alegria deles e, principalmente, de ver as risadas das pessoas”, conclui.

 

“A música é uma coisa muito mágica, ela já abre as portas dos lugares para que a gente entre. O nosso intuito, além de levar alegria, é também de desdramatizar o universo hospitalar e dar oportunidade de os pacientes terem bons momentos”, explica o ator Guilherme Carvalho.

 

Para o diretor do Hmib, Rodolfo Alves Paulo de Souza, iniciativas como essa fazem toda a diferença no dia a dia de quem está dentro do hospital. “Essa atitude de trazer alegria deve ser sempre valorizada e incentivada. É muito importante para os pacientes, em especial para as crianças, que também aconteçam momentos felizes e lúdicos, mesmo que em meio a injeções e curativos. Ajuda o tempo a passar mais rápido, anima e renova as energias”, conclui Souza.

 

Janiara Lara, da Agência Saúde

Foto: Divulgação/SES-DF