Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
31/10/13 às 17h33 - Atualizado em 30/10/18 às 15h08

Crianças internadas no HMIB recebem kits de combate à dengue

COMPARTILHAR

Pacientes aprendem sobre cuidados contra o mosquito

Crianças internadas no Hospital Materno Infantil de Brasília (HMIB) receberam nesta quinta-feira (31), kits educativos com informações sobre o combate ao mosquito transmissor da dengue, fornecidos pelo Governo do Distrito Federal e pela Secretaria de Saúde, com objetivo de conscientizar os pacientes e familiares sobre a importância dos cuidados contra o Aedes Aegypti.

Segundo o médico sanitarista, Eduardo André Viana Alves, por ser especializado no atendimento de crianças de 0 a 12 anos, o HMIB ganhou 250 kits que serão entregues toda semana aos pacientes internados nas alas da pediatria, cirurgia pediátrica e Unidade de Doenças Infecto Parasitárias.

“São crianças que estão afastadas do colégio por causa da internação, mas que continuam sendo assistidas pelas professoras da Classe Hospitalar do HMIB. Elas entregaram os kits e ensinaram tudo sobre o mosquito e a doença que ele pode causar”, explica médico.

A professora, Maria Denise Vogt, relata que cada kit contém panfletos explicativos, manual sobre o Aedes Aegypti, quebra-cabeça, porta retrato, adesivos, livros com brincadeiras e um cerificado que torna a criança agente mirim.

“Ensinamos para os pacientes e acompanhantes o que é dengue, como ela é transmitida, os sintomas da doença e as formas de combater o mosquito. As crianças adoraram a aula e os kits, pintaram os desenhos, pregaram os adesivos e disseram que quando forem para casa vão orientar os familiares a não deixarem objetos com água parada”, comenta a professora.

O paciente Thiago Moreira, 10 anos, participou da aula e ganhou o kit educativo. Ele relata que adorou receber o certificado de agente mirim. “Aprendi a limpar os vasos e pneus para evitar as larvas do mosquito. Até certificado de agente eu ganhei”, conta Thiago. A mãe dele, Léia Maria Moreira, 45 anos, achou a iniciativa interessante. “Achei importante porque ajuda os meninos a cuidar e a ajudar os pais a retirar os entulhos de casa e não deixar que o mosquito se prolifere”, concluí a mãe.

Ludmila Mendonça

Leia também...