Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
16/03/20 às 16h24 - Atualizado em 16/03/20 às 18h11

Dia D contra a dengue visitou 1.210 imóveis em cinco cidades

No sábado (14), Ceilândia, Fercal, Vicente Pires, Vila Planalto e Planaltina foram alvo das inspeções

 

Cinco cidades do Distrito Federal receberam agentes de vigilância e bombeiros, em mais uma ação de combate à dengue. Foram visitados 1.210 imóveis em Ceilândia, Fercal, Vicente Pires, Vila Planalto e Planaltina, durante todo o sábado (14). Dessa vez, devido ao decreto publicado pelo governador Ibaneis Rocha em relação ao Coronavírus, não houve concentração dos profissionais envolvidos, como em outras ações do Dia D.

 

A região com o maior número de imóveis no roteiro foi Planaltina, onde 294 foram visitados. Porém, desse total, 88 estavam fechados e outros nove apresentaram recusa a abrir. Foram encontrados 696 depósitos, mas seis precisaram ser tratados e 10 eliminados. Três focos foram encontrados.

 

No Setor O, em Ceilândia Norte, foram visitados 288 imóveis. Encontraram-se 562 depósitos, sendo que 92 foram tratados, 12 eliminados e dois focos encontrados. Na Vila Planalto, dos 259 imóveis da rota, 177 estavam abertos. Foram encontrados 896 depósitos, seis tratados, um eliminado e dois imóveis com foco do mosquito.

 

A Rua 6 de Vicente Pires teve 152 imóveis vistoriados. Foram encontrados 337 depósitos. Na região, 10 imóveis tinham foco do mosquito. Porém, a cidade com maior número de focos encontrados foi a Fercal, com 13. Na região, dos 102 imóveis selecionados, apenas 81 estavam abertos e puderam receber tratamento e focos eliminados.

 

A mobilização contou com o trabalho de 250 bombeiros militares e 100 agentes da vigilância ambiental. Além de 15 viaturas do Corpo de Bombeiros e dez viaturas da Vigilância Ambiental.

 

O objetivo do Dia D de Combate à Dengue é mobilizar a população e órgãos públicos para as ações de enfrentamento da doença. Além de orientar a população sobre o combate correto ao mosquito transmissor da dengue.

 

Alline Martins, da Agência Saúde

Fotos Divulgação