Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
22/11/21 às 11h58 - Atualizado em 23/11/21 às 17h38

Dia D foi um sucesso e ação de busca ativa vai continuar

Vacinação no sábado (20) atingiu um público quatro vezes maior que nos finais de semana anteriores

JOHNNY BRAGA, DA AGÊNCIA SAÚDE-DF | EDIÇÃO: MARISTELLA DE LUCA | REVISÃO: JULIANA SAMPAIO

 

Na avaliação da Secretaria de Saúde, o Dia D de vacinação contra a covid-19 foi um sucesso e a pasta já prepara outras ações semelhantes. O objetivo foi alcançar a população que ainda não tinha recebido a primeira dose ou que ainda não tinha completado o ciclo vacinal. Hoje, o Distrito Federal possui vacinas suficientes para aplicar em todo o público vacinável, situação diferente do que ocorreu há pouco tempo. E, somente no Dia D, foram vacinadas quatro vezes mais pessoas do que nos finais de semana anteriores.

 

Vacinação contra a covid-19, no Dia D, alcançou um público maior que nos finais de semana anteriores – Foto: Sandro Araújo/Agência Saúde-DF

“O público que buscamos é estimado em 200 mil pessoas que não procuraram as Unidades Básicas de Saúde para receber a primeira dose. Alcançamos pouco mais de 2 mil pessoas no Dia D e consideramos um sucesso, pois levamos a vacina para perto desses cidadãos que, se nós não tivéssemos ido em busca, não teriam se vacinado”, destaca o subsecretário de Vigilância à Saúde, Divino Valero.

 

Ainda segundo o subsecretário, “uma coisa é vacinar 2 mil e poucas pessoas que querem se vacinar e procuram nossas unidades básicas de saúde. Outra coisa é irmos a feiras populares e convencermos 2 mil  e vaciná-las. E conseguimos”. Para Divino, as ações de busca ativa irão continuar na área urbana e, além disso, a Secretaria de Saúde já se organiza para levar a vacina para quem mora na zona rural e que ainda não se vacinou.

 

População com 12 anos ou mais pode ser vacinada contra a covid-19 no Distrito Federal – Foto: Sandro Araújo/Agência Saúde-DF

“A experiência obtida no último final de semana deixou claro que precisamos melhorar, ampliar e levar a ação para outras feiras. E nós vamos fazer outras ações, o Dia D foi só o início dessas ações”, afirma.

 

Balanço

 

O público alcançado no Dia D foi maior que todos os sábados do mês de outubro e os anteriores de novembro. Para se ter uma ideia, em 2 de outubro, 428 pessoas receberam a primeira dose e 2.633, a segunda. Já no sábado seguinte, foram 128 D1 aplicadas e 7.010 D2. Nos demais finais de semana os números alcançados foram:

 

– 16/10
D1: 33
D2: 3.972

 

– 23/10
D1: 412
D2: 2.365

 

– 30/10
D1: 251
D2: 2.789

 

– 6/11
D1: 204
D2: 3.447

 

– 13/11
D1: 227
D2: 2.738

 

– Dia D (20/11)
D1: 2.004
D2: 7.142

 

Novas ações

 

A Secretaria de Saúde já planeja, para o próximo sábado, outra ação volante em feiras e locais com grande circulação de pessoas. De acordo com o secretário de Saúde, general Manoel Pafiadache, “nossa luta não terminou hoje. Nós vamos continuar indo atrás e vamos convencer essas pessoas a se vacinar. Tenho certeza de que juntos vamos chegar ao nosso objetivo de vacinar e proteger a população do DF contra a covid-19”, ressalta.

 

O gestor agradeceu o empenho dos servidores, voluntários e equipes parceiras que contribuíram para a realização do dia D.

 

“Quero agradecer a cada um que dedicou seu tempo para fazer acontecer o nosso Dia D. Foram servidores da SES, voluntários e profissionais do Sesc, ICTDF e outros apoiadores. O trabalho de todos foi imprescindível para o sucesso da ação”, conclui.