Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
28/02/13 às 16h31 - Atualizado em 30/10/18 às 14h58

Menores infratores receberam atendimento em saúde no NAI

Atendimento imediato, humano e educativo



Adolescentes apreendidos pela polícia por cometer atos infracionais encaminhados ao Núcleo de Atendimento Integral (NAI), no Setor de Armazenamento e Abastecimento Norte, terão acompanhamento de uma equipe da Secretaria de Saúde. Na unidade, inaugurada pelo governador Agnelo Queiroz, nesta quinta-feira (28), os jovens receberão atenção de todas as políticas que compõem o sistema de garantia dos direitos de crianças e adolescentes.

 

Ao entregar a nova unidade à comunidade, o governador destacou a importância de reunir em um mesmo local as diversas instâncias responsáveis pelo atendimento ao menor em conflito com a lei. “Temos aqui um trabalho integrado com condições concretas para acolher e facilitar a ressocialização desses jovens”, disse, acrescentando que este é o começo da mudança da política socioeducativa no DF.

 

Coordenada pela Secretaria de Estado da Criança (Secria), a unidade funcionará 24 horas com o objetivo de garantir atendimento imediato, eficaz, eficiente, humano e educativo.  A Secretaria de Saúde vai disponibilizar uma equipe com um médico de família, dois enfermeiros e um auxiliar de enfermagem para prestar atendimento na unidade durante a semana, das 8h ao meio-dia e das 14h às 18h.

 

Os profissionais da Saúde são responsáveis pelo acolhimento do adolescente, atendimento psicológico e de saúde mental, além do acompanhamento para tratamento de consumo de álcool e outras drogas. Quando necessário, os especialistas encaminham o menor ao serviço médico adequado.

 

Segundo a subsecretária de Atenção Primária a Saúde, Rosalina Sudo, todos os jovens infratores apreendidos serão encaminhados primeiramente para a unidade. No local, várias entidades trabalharão juntas para garantir os direitos dos adolescentes com maior agilidade. Para o secretário de Saúde, Rafael Barbosa, é importante a SES atuar como parceira nesse trabalho integrado ao lado das demais instituições envolvidas.

 

No dia 18, o governador Agnelo Queiroz e o presidente do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT), João Mariosi, assinaram o Protocolo de Cooperação Interinstitucional entre o Governo do DF, o Poder Judiciário local, o Ministério Público do DF e Territórios (MPDFT) e a Defensoria Pública do DF para a implantação e o funcionamento do Núcleo de Atendimento Integrado (NAI) na capital do país.

 

Celi Gomes