Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
11/02/14 às 10h36 - Atualizado em 30/10/18 às 15h10

Equipe do Hemocentro orienta profissionais da rede pública

COMPARTILHAR

Atendimento emergencial aos portadores de Coagulopatias Hereditária

Uma equipe de médicos, enfermeiros e biomédicos do Hemocentro de Brasília visitarão, neste primeiro semestre, todas as regionais de saúde do Distrito Federal para repassar informações sobre o atendimento emergencial aos portadores de Coagulopatias Hereditárias e Doenças Falciformes. A primeira visita foi ao Hospital Regional de Santa Maria onde médicos e enfermeiros puderam ter acesso a cartazes ilustrativos com os procedimentos adequados para cada uma das patologias, além de trocar experiência e tirar dúvidas com os profissionais do Hemocentro.

“Desde 2011, fomos designados pela Secretaria de Saúde a coordenar a atenção à saúde dos pacientes com coagulopatias hereditárias e, recentemente, corrigindo uma dívida histórica, assumimos a coordenação pelos cuidados aos pacientes com doenças falciformes que até então não tinham uma política pública de saúde destinada a eles”, disse a diretora-presidente da Fundação Hemocentro de Brasília (FHB), Beatriz Mac Dowell Soares.

Ela acrescenta que levar informações específicas sobre os cuidados com estes pacientes é muito importante para os médicos que fazem atendimento nas emergências. “Preparamos cartazes onde, de forma bem prática e de fácil visualização, repassamos as orientações sobre os procedimentos que devem ser seguidos para os pacientes com coagulopatias hereditárias e com doença falciforme. Além dos fluxogramas que foram separados levando em consideração o tipo de doença, a idade e os quadros clínicosmais comuns dependendo do sexo dos pacientes, os médicos poderão encontrar recomendações úteis e telefones que ficarão acessíveis 24 horas, caso haja alguma dúvida sobre a conduta médica a ser adotada.

O Hemocentro de Brasília encaminhará, na próxima semana, para cada unidade de saúde, cartazes com os fluxogramas para atendimento de emergências a esses pacientes.

Por Lena Nardelli, da Agência Saúde DF
Atendimento à imprensa:
(61) 3348-2547/2539 e 9862-9226

Leia também...