Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
30/09/21 às 18h00 - Atualizado em 1/10/21 às 19h42

Governador empossa 396 servidores para a rede pública de saúde

Profissionais vão reforçar as equipes de assistência à saúde e da área administrativa

 

HUMBERTO LEITE I EDIÇÃO: JOHNNY BRAGA I DA AGÊNCIA SAÚDE-DF

 

A rede pública de saúde do Distrito Federal ganhou o reforço de mais 396 profissionais para as áreas de assistência e administrativa. São 103 médicos, 103 enfermeiros, 80 farmacêuticos, 35 fonoaudiólogos, dois técnicos de hematologia e 73 especialistas, entre administradores, analistas de sistemas, contadores, estatísticos e economistas. Os novos servidores foram empossados pelo governador do DF, Ibaneis Rocha, e pelo secretário de Saúde, general Manoel Pafiadache, em cerimônia realizada nesta quinta-feira (30), no Palácio do Buriti.

 

Foto: Breno Esaki/Agência Saúde-DF

“Nosso objetivo é tratar da melhor maneira possível as pessoas que chegam às nossas unidades de saúde”, afirmou Ibaneis Rocha. Segundo ele, desde o início do governo foram cerca de sete mil profissionais contratados para a área de saúde, entre servidores efetivos, temporários e funcionários do Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do Distrito Federal (IGES-DF). O governador ressaltou ainda a recente inauguração de duas unidades básicas de saúde no Paranoá e no Riacho Fundo, e da nova UPA de Ceilândia.

 

“Os novos servidores estarão lá na ponta, nas UBSs, nas UPAs, nos hospitais”, confirmou o secretário de saúde, general Pafiadache. O gestor acrescentou que também foi realizada a convocação de 131 médicos para atuação temporária e que atualmente há um processo seletivo para selecionar 500 agentes comunitários de saúde e 500 agentes de vigilância ambiental para reforçar temporariamente o trabalho de vigilância à saúde no enfrentamento da pandemia de Covid-19.

 

Já o secretário de Economia, André Clemente, ressaltou o trabalho do Governo do Distrito Federal para possibilitar a convocação dos novos servidores.

 

Sonho realizado: agora é hora de trabalhar

 

Aos 24 anos, a administradora Sarah Ataídes não escondia a empolgação por ter realizado o sonho de se tornar servidora pública. Mais que alegria, porém, o sentimento era de responsabilidade. “Os administradores estão entrando para poder dar um choque de gestão na Secretaria, vamos poder contribuir muito”, garantiu.

 

Sarah entra no time da Saúde para reforçar a área administrativa – Foto: Breno Esaki/Agência Saúde-DF

O compromisso é o mesmo do médico ortopedista, Tadeu Gervazoni Debom, que já tem mais de 11 anos de experiência na área e agora poderá atuar nos hospitais da Secretaria de Saúde do DF. “A expectativa é muito grande para somar, levando o que temos de conhecimento para ajuda a população”, explicou. A enfermeira Simone Kátia, com duas décadas de profissão, também elogiou o fato de que 39 profissionais são da área de atendimento de família e comunidade. “É um avanço muito grande para a saúde do DF. Chegou a hora de a gente fazer essa diferença”, disse.

 

Simone é enfermeira e foi empossada para o cargo na rede pública de saúde – Foto: Breno Esaki/Agência Saúde-DF

Dos 103 enfermeiros, 64 são enfermeiros obstetras e 39 são da área de família e comunidade. Entre os 103 médicos, 36 são de cirurgia geral, 21 de cirurgia do aparelho digestivo, 18 de endoscopia e 28 de ortopedia e traumatologia. “Esses profissionais irão reforçar as nossas equipes de trabalho, fazendo com que a gente continue entregando uma saúde cada vez melhor”, afirmou Silene Quitéria Almeida Dias, subsecretária de gestão de pessoas da Secretaria de Saúde.