Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
16/04/13 às 15h19 - Atualizado em 30/10/18 às 14h58

HBDF participa da Campanha Nacional da Voz

COMPARTILHAR

Atendimentos no ambulatório, até sexta-feira

 
Fonoaudiólogos do Centro de Referência em Saúde do Trabalhador do Distrito Federal (Cerest/DF), médicos otorrinolaringologistas e broncoesofagologistas  do Hospital de Base do Distrito Federal (HBDF) estão atendendo pacientes com problemas na voz, durante esta semana, pela manhã, no ambulatório do HBDF. A intenção da equipe é diagnosticar mais de 300 pessoas durante a Semana Nacional da Voz, realizada até 19 de abril, juntamente com a 15ª edição da Campanha Nacional da Voz. O objetivo dos eventos é conscientizar a população da importância da voz e favorecer o diagnóstico de doenças.

Os médicos otorrinolaringologistas do HBDF estão realizando exames de laringe em pessoas que se queixam em relação à voz, encaminhados pelos fonoaudiólogos. “A campanha visa alertar a população sobre os cuidados com a voz e um possível diagnóstico precoce do câncer de laringe”, ressalta a diretora do Cerest-DF, Elienai Alencar. Segundo ela, a principal reinvindicação dos especialistas é a criação de um protocolo para orientar profissionais e serviços de saúde e tornar compulsória a notificação dos casos de distúrbios da voz.

“No Dia Mundial da Voz, promovemos ações de saúde para diagnosticar problemas potenciais ou reais em todos os ciclos da vida: da infância à terceira idade”, disse a coordenadora do projeto no HBDF, fonoaudióloga Bartira Donato Amaral Pedrazzi.

Os profissionais envolvidos no mutirão orientam as pessoas com sintoma de rouquidão, há mais de 15 dias, ou problema de mudança de voz a procurar atendimento no Hospital de Base durante a campanha. “A maioria dos pacientes chega com problemas graves na voz”, disse a coordenadora dos trabalhos.

Os atendimentos na quarta e quinta-feira (17 e 18) serão no ambulatório da broncoesofagologia do HBDF, e na sexta-feira (19) os profissionais voltam a atender na otorrinolaringologia, quando se encerram os trabalhos.

Programação nas outras regionais de saúde – Além dos atendimentos no Hospital de Base, a Semana Nacional da Voz terá atividades em outras regionais da Secretaria de Saúde. A programação  inclui  atendimentos, exames e treinamentos em aquecimento e desaquecimento vocal. Durante toda a semana, médicos otorrinolaringologistas farão exames de laringe em pessoas com queixas em relação à voz.

Professores, atores, cantores, jornalistas de radio e TV, operadores de tele serviço, médicos e palestrantes são as populações com maior risco de ter algumas dessas doenças. O Brasil ocupa atualmente, o segundo lugar na incidência de câncer de laringe que na maioria das vezes é decorrente do uso de bebidas alcoólicas e cigarros.

As atividades terão a participação de representantes da Associação Brasileira e do DF de Otorrinolaringologia, da Academia Brasileira de Laringologia e Voz, da Associação Profissional dos Fonoaudiólogos do DF, da Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia, da Sociedade Brasileira de Laringologia e Voz, da Escola de Música de Brasília e do Departamento de Música da UnB.

O evento lembra o Dia Mundial da Voz, 16 de abril, que é celebrado no Brasil desde 1999, mas só em 2003 passou a ter expressão internacional. “A campanha visa alertar a população e principalmente os profissionais sobre os cuidados com a voz”, ressalta a diretora do Cerest-DF, Elienai Alencar. Segundo ela, a principal reinvindicação dos especialistas é a criação de um protocolo para orientar profissionais e serviços de saúde e tornar compulsória a notificação dos casos de distúrbios da voz.

O número de trabalhadores que dependem da voz aumenta gradativamente na sociedade moderna. Por isso, a importância de manter constante atenção à comunicação, o que realmente só acontece com a maioria das pessoas quando passam a ter algum problema de rouquidão, perda vocal e dificuldade ou cansaço para falar.

Programação da Semana

16/04 a 19/04 – das 8h às 12h – no HBDF, exames no ambulatório de Otorrinolaringologia;

16 a 18/04 – no HRT, das 8h às 12h, exames no ambulatório de Otorrinolaringologia.

16/04 e 17/04 – no HFA, das 14 às 18h e 19/04 das 16 às 18h, exames no ambulatório de Otorrinolaringologia.

17/04 e 18/04 – no HBDF, das 8 às 12h – exames na Broncoesofagologia

17/04 – no HUB, das 14h às 18h, exames no ambulatório de Otorrinolaringologia.

18/04 – atendimentos e exames no serviço médico da Câmara Distrital

19/04 – treinamentos em aquecimento e desaquecimento vocal para professores na Secretária de Educação.

.