Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
3/04/14 às 16h54 - Atualizado em 30/10/18 às 15h10

Hospital de Base passa a avaliar os serviços prestados aos usuários

COMPARTILHAR

Ouvidoria do passa a usar ferramenta de classificação

Na segunda-feira (07), a ouvidoria do Hospital de Base do Distrito Federal passa a contar com um novo método para avaliar o serviço do hospital. O Objetivo é que os pacientes avaliem a qualidade do atendimento prestado classificando-o como ótimo, bom, regular ou ruim.

Na enquete, serão analisados os diversos setores do HBDF como, recepção, internação, higienização, atendimento médico e segurança. De acordo com a Ouvidoria, após esse processo de levantamento, todos os dados serão monitorados e trabalhados junto aos serviços oferecidos.

Para a ouvidora Mirtes Lemos, essa é uma nova forma de escutar o paciente e buscar a melhoria dos serviços, pois a avaliação não ficará apenas no papel, “o objetivo é fazer um trabalho que vise à qualidade dos itens questionados”, afirma.

A Ouvidoria do HBDF tem buscado ser ativa para contribuir de forma estratégica, sempre engajada nas soluções para os problemas e dificuldades apresentadas. “Vamos atuar na busca ativa de pessoas que não tem acesso à ouvidoria por meio da escuta itinerante”, explica Mirtes Lemos.

Os folders serão distribuídos pelas recepcionistas na emergência, no ambulatório e na portaria central, além dos pacientes internados.

Outro serviço da Ouvidoria são os 28 telefones instalados no bloco de internação, no ambulatório, pronto-socorro e na entrada da portaria central, onde o paciente pode ligar para o 160 e fazer sua reclamação, sugestão ou elogio. O serviço também pode ser feito pessoalmente na sala da Ouvidoria, na portaria central.

Por Bianca Lima, da Agência Saúde DF
Atendimento à imprensa:
(61) 3348-2547/2539 e 9862-9226