Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
5/05/17 às 11h20 - Atualizado em 30/10/18 às 15h17

Hoje é o Dia Nacional do Uso Racional de Medicamento

COMPARTILHAR

Secretaria de Saúde alerta para riscos da automedicação

BRASÍLIA (5/5/17) – Os riscos causados pela automedicação e pelo uso indiscriminado de medicamentos serão lembrados durante esta sexta-feira (5), quando é celebrado o Dia Nacional do Uso Racional de Medicamento. Essa data foi escolhida para alertar a população e lembrar os danos dessa atitude para a saúde, como reações indesejadas, agravamento de doenças e intoxicações graves.
A Secretaria de Saúde, por iniciativa da Diretoria de Assistência Farmacêutica, vem desenvolvendo ações para que o uso racional de medicamentos seja uma regra nos serviços de saúde, muito além de uma data a ser lembrada.

Essas ações abrangem todos os níveis de atenção e vão desde o atendimento aos usuários da Atenção Primária à Saúde até aos pacientes internados nas UTIs. “Estamos em pleno processo de ampliação do Serviço de Farmácia Clínica nos hospitais. Em 2016, foram realizadas cerca de 20 mil revisões de prescrição, auxiliando médicos e equipe assistencial no uso racional dos medicamentos. Esperamos dobrar esta atividade em 2017”, ressalta o diretor de Assistência Farmacêutica, Emanuel Carneiro.

Além disso, em março deste ano, foi lançado o projeto de implantação e institucionalização do Cuidado Farmacêutico nas Unidades Básicas de Saúde (UBS). A partir desta semana, os usuários de 13 UBS contam com a avaliação e orientação do farmacêutico sobre o uso correto dos medicamentos.

PLANTAS MEDICINAIS – Outra importante ação está voltada para o uso seguro de plantas medicinais, trabalho realizado pela Farmácia Viva do Distrito Federal. Ele visa orientar os profissionais de saúde e a população sobre o plantio, identificação, manuseio e uso correto das plantas e chás medicinais usados tradicionalmente de geração em geração.

“A Secretaria de Saúde está inovando com a implantação da Farmácia Clínica e do Cuidado Farmacêutico, serviços que têm como objetivo propiciar a segurança do paciente por meio do uso racional dos medicamentos. Esse dia 5 de maio serve para a conscientização e sensibilização dos profissionais e usuários dos serviços de saúde quanto ao tema com a perspectiva de alcançarmos melhores indicadores quanto a problemas relacionados”, complementa Emanuel.