Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
26/12/12 às 19h42 - Atualizado em 30/10/18 às 14h57

Hospital de Base com fachada nova para atender melhor

Além das facha outras áreas receberão melhorias

O Hospital de Base do Distrito Federal (HBDF) está se modernizando para garantir maior conforto e segurança aos usuários. A primeira mudança na entrada do HBDF foi a substituição de portas de ferro pintadas de verde por fechamento total em vidro temperado. Além de um visual mais moderno, o blindex garantiu maior iluminação e ventilação ao ambiente – normalmente ocupado por muitos pacientes e funcionários. 

O novo sistema prevê também a instalação de catraca eletrônica no único acesso. A intenção é facilitar a entrada dos servidores e dificultar o ingresso de pessoas estranhas ao ambiente hospitalar. “Isso está agilizando a classificação de risco e podemos proporcionar maior segurança. Além do controle de acesso na porta de entrada, instalamos 12 câmeras de vigilância no pronto socorro. O sistema é monitorado pela Casa Civil da Presidência da República, pelo governador Agnelo Queiroz, por mim, pela Assessoria de Comunicação e pela central de segurança”, disse o diretor geral do HBDF, Julival Ribeiro.

As mudanças agradaram os usuários e acompanhantes. Claudio Marcelo de Lima veio de Águas Lindas de Goiás acompanhando a esposa, em consulta urológica. “Já estive aqui outras vezes e achei essas mudanças muito boas. Ficou mais claro e a temperatura mais agradável. Está bonito agora. O estacionamento também ficou muito bom”, relatou. Já o irmão de outra paciente, que também veio de Águas Lindas/GO, disse que acabou o tumulto de antigamente. “Ficou funcional até mesmo para as ambulâncias que deixam os pacientes. Hoje está ótimo”, avaliou Francimar de Souza Santos.

A dona de casa Cecília Maria da Rocha, que mora em Planaltina de Goiás, ficou surpresa com as mudanças. “Antigamente tinha uma grade… Parecia uma porteira separando animais. Hoje está mais aberto e arejado. Aprovei as mudanças porque quero o melhor para a gente, né?”, disse. Já a bancária Renata Cristina dos Santos, moradora de Águas Claras/DF, trouxe o tio de Planaltina/DF, vítima de AVC. “Era muito apertado. Ficou mais amplo para a circulação dos servidores com macas ou cadeiras de rodas e também para quem procura atendimento ou está esperando. Ambiente hospitalar deve ser assim mesmo. Todo o hospital está limpo, bem sinalizado, organizado e humanizado. Essas mudanças vieram em boa hora”, finalizou a bancária.

José Roberto Bueno