Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
2/12/13 às 20h10 - Atualizado em 30/10/18 às 15h09

Hospital de Base ganha tomógrafo de última geração

COMPARTILHAR

Equipamento realiza 36 exames por dia

Os pacientes do Hospital de Base do Distrito Federal contam com um novo aparelho de tomografia computadorizada (Raios X e Raios gama/contraste), para realização de exames de abdômen, tórax, crânio, órgãos e vasos sanguíneos. No equipamento são feitos em média 36 procedimentos por dia, para diagnóstico de doenças como câncer, mutações genéticas, traumas, fraturas, alterações neurais, tumores, entupimento de artérias, entre outros.

O novo aparelho faz estudos funcionais e anatômicos, sem cortes, por técnica assistida por computador, onde dados são organizados para formar imagens “em fatias” do corpo humano. Para a chefe da Unidade de Radiologia do Hospital de Base, Jozephina Guerra, o aparelho permite maior detalhamento nos estudos e diagnósticos de doenças, além de melhorar o tempo e a eficiência do diagnóstico sem anestesia.

“Podemos diagnosticar patologias graves e com mais complexidade na análise. Alguns estudos como a angiografia coronariana (do coração), por exemplo, estão viabilizados com esse novo aparelho. Antes, os exames envolviam muita radiação e contraste, agora há utilização de radiações e contrastes mínimos e sem anestesia”, ressalta.

O HBDF também dispõe de outras tecnologias que permitem estudos e análises de doenças como: ressonância magnética nuclear e a ultrassonografia.

A Unidade de Radiologia do HBDF atendeu 96.056 pacientes de janeiro a outubro desse ano com exames de Raios X Geral/Contrastados (58.413); tomografias computadorizadas (17.114); ressonância magnética (4.361); ultrassonografia (7.987); U.S Doppler (529); U.S. Biopsia (391); densitometria óssea (3.783) e mamografia (3.478).

Outra melhoria do novo equipamento é a redução do tempo gasto para o exame de tomografia. O aparelho realiza mais exames por consulta. “O atendimento melhorará também no aspecto de agilidade e eficiência pois o equipamento permite a realização de mais tipos de exames. E o tempo gasto, em média, é de 20 minutos”, constata a especialista.

A marcação de exames é feita pelo sistema de regulação da Secretaria de Saúde. Os encaminhamentos podem ser feitos nas regionais de saúde ou postos de saúde. O horário de atendimento é de segunda à sexta das 7h às 19h.

Por Alessandra Franco, da Agência Saúde DF

Atendimento à Imprensa:
(61) 3348-2547/2539 e 9862-9226

Leia também...