Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
18/04/13 às 12h51 - Atualizado em 30/10/18 às 14h58

Hospital de Base recepciona novos residentes

São 119 médicos, enfermeiros, fisioterapeutas, dentistas, nutricionistas e psicólogos

O Hospital de Base do Distrito Federal (HBDF) recepcionará 119 novos residentes, na terça-feira (23), no Auditório do Pavilhão Técnico-Administrativo do HBDF. Na ocasião será proferida a palestra “A Hemoterapia no Hospital de Alta Complexidade”, como aula inaugural, pela chefe da Unidade de Hematologia e Hemoterapia/HBDF, Margarete Barbosa Daldegan.

Há 52 anos, o Hospital de Base do Distrito Federal (HBDF) tem prestado atendimento de alta complexidade, integrando ensino e pesquisa – destinando um andar para a capacitação técnica e aulas teóricas. Tem um importante papel na área de formação de novos profissionais, porque desenvolve programas de residência em diversas áreas de saúde. Em 2007, o HBDF obteve reconhecimento do governo federal com a certificação como Hospital de Ensino, junto aos Ministérios da Educação e da Saúde.

Atualmente, o HBDF possui Residência nas áreas de Medicina (53 Programas), de Enfermagem, de Odontologia e Cirurgia Bucomaxilofacial, de Fisioterapia, de Nutrição e de Psicologia (veja quadro abaixo).

 

ÁREA

Nº DE RESIDENTES

Medicina (53 Programas)

260

Enfermagem (6 Programas)

21

Odontologia e Cirurgia Bucomaxilofacial

6

Fisioterapia

4

Nutrição

16

Psicologia

4

TOTAL

3

Do total de 311 residentes, 119 são R1, ou seja, estão iniciando seus Programas de Residência em 2013. São 91 nas diversas especialidades de Medicina, 12 de Enfermagem, dois de Odontologia e Cirurgia Bucomaxilofacial, quatro de Fisioterapia, oito de Nutrição, e dois de Psicologia.

Além disso, o HBDF tem sido campus de estágios curriculares de cursos de graduação em várias áreas de conhecimento (Medicina, Nutrição, Psicologia, Farmácia, Enfermagem, Fisioterapia) e de cursos técnicos de Enfermagem e de Radiologia. Como Hospital de Ensino, o HBDF tem também se preocupado com a capacitação de gestores e servidores. Dessa forma, o hospital atua como um importante polo formador de pessoas para o SUS.

Com seus 52 mil metros quadrados de área construída, mais de 3.500 servidores, o HBDF é um hospital de porte especial (possui mais de 600 leitos) e de referência para atendimento terciário na região. Realiza mais de 500.000 consultas e mais de 12.000 cirurgias por ano.

José Roberto Bueno