Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
17/09/13 às 13h08 - Atualizado em 30/10/18 às 15h06

Hospital de Brazlândia inicia cadastro de ponto eletrônico

COMPARTILHAR

Processo rápido, que inclui fotografia instantânea e registro das impressões digitais


O cadastramento dos servidores da Regional de Brazlândia no sistema de Ponto Eletrônico começou nessa segunda-feira (16) e vai até o dia 26. Os servidores devem se dirigir ao auditório da Inspetoria de Saúde, ao lado da Administração Regional,  nos dias úteis das 8h às 12h e das 14h às 18h.

“Quem não se cadastrar nesta etapa, deverá preencher formulário de requerimento no Núcleo de Pessoas do HRBz e se apresentar na Comissão  do Ponto Eletrônico da Administração Central da SES”, informa o boletim divulgado pela Diretoria Administrativa.

O primeiro a se cadastrar foi o médico Francisco C. G. de Castro. Em apenas uma tarde foram atendidos 70 servidores, dos 852 lotados na regional. Os equipamentos de ponto eletrônico serão instalados no hospital e nos centros de Saúde.  Espera-se que entrem em funcionamento no início de novembro.

“O ponto eletrônico é um desafio e, ao mesmo tempo, um recurso a mais para o gestor, que tem a tarefa de fiscalizar o cumprimento de horário pelos servidores. O desafio é verificar como nossos quase mil servidores irão se adaptar ao sistema. Boa parte mora aqui mesmo, na região, e para esses não vejo dificuldade. Mas, muitos moram longe, no Plano Piloto e até fora do DF”, comentou o diretor do HRBz, Guilherme Aroeira.

O cadastramento é um processo muito rápido, que inclui fotografia instantânea e registro das impressões digitais, além da atualização de alguns dados.  É gerado um crachá que leva alguns dias para ficar pronto e será inserido no equipamento próprio, registrando cada entrada e saída do servidor, sempre obedecendo à escala diária.

O ponto

Neste ano, mais de 11.500 servidores foram cadastrados. A Administração Central da SES foi o primeiro setor a utilizar o ponto eletrônico para registro de frequência, em outubro de 2012. Em seguida vieram Hospital de Base (HBDF), Coordenação Geral de Saúde da Asa Norte – Hospital Regional da Asa Norte (Hran) e centros de saúde, Hospital Materno Infantil de Brasília (HMIB) e centros de saúde da Asa Sul, Subsecretaria de Vigilância Sanitária (SVS) e Laboratório Central (Lacen), Hospital Regional de Ceilândia (HRC) e Hospital Regional de Sobradinho (HRSO).

Sheila Perru

Leia também...