Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
3/12/18 às 12h43 - Atualizado em 3/12/18 às 13h14

Campanha no Hran atende 640 pessoas com suspeita de câncer de pele

COMPARTILHAR

 

Cerca de 40 dermatologistas voluntários realizaram, no Hospital Regional da Asa Norte (Hran), exames em 640 pessoas que procuraram o ambulatório da unidade, durante a Campanha Nacional de Prevenção ao Câncer da Pele. Os médicos fizeram, das 9h às 15h do sábado (1º/12), consultas e biópsias para quem tinha alguma lesão ou sinal suspeito na pele.

 

Cerca de 40 dermatologistas voluntários fizeram consultas e biópsias.

 

Entre os casos mais graves, 40 foram encaminhados, no mesmo dia, para a cirurgia plástica ou para o atendimento da Unidade de Dermatologia do Hran, que é referência no Distrito Federal no tratamento ao câncer de pele. As demais pessoas atendidas poderão voltar à unidade, de acordo com o agendamento.

 

“Todos os pacientes com suspeita de câncer de pele, que não foram operados no dia, já saíram com as suas cirurgias agendadas na Dermatologia ou na Cirurgia Plástica. A previsão é de que todos sejam operados até o final de janeiro”, informou a chefe da Unidade de Dermatologia do Hran, Beatriz Medeiros.

 

No hospital, funciona o Serviço de Residência Médica em Dermatologia, que, devido aos seus profissionais e à atuação de excelência, é referência em todo o DF no atendimento às pessoas com câncer de pele.

 

Os 40 casos mais graves foram encaminhados, no mesmo dia, para cirurgia.

 

CAMPANHA – A Campanha Nacional de Prevenção ao Câncer da Pele, promovida pelo Hran em parceria com a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), que disponibilizou os médicos voluntários, foi realizada para celebrar o início do Dezembro Laranja, mês voltado à importância do combate ao câncer de pele. A iniciativa foi realizada em várias unidades de saúde de todo o Brasil.

 

Leandro Cipriano, da Agência Saúde
Fotos: Divulgação/Saúde-DF