Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
24/03/14 às 22h03 - Atualizado em 30/10/18 às 15h10

HRAN oferece serviço de refência de combate à Tuberculose

COMPARTILHAR

Diagnóstico precoce é a melhor forma de tratar a doença

No dia mundial de Combate à Tuberculose, a Secretaria de Saúde alerta à população quanto aos cuidados que devem ser tomados para não contrair essa doença que, se não tratada adequadamente, pode levar à morte. O Distrito Federal soma uma quantia aproximada de 400 casos confirmados de tuberculose por ano.

O Hospital Regional da Asa Norte (HRAN) conta com a chamada “Sala da Tosse”, que faz parte do Programa de Controle de Tuberculose da SES/DF. Segundo os responsáveis pelo serviço no hospital, Allan Kardec e Allan Eurípedes, em cada 100 pessoas que são atendidas com tosses frequentes, três são diagnosticadas com tuberculose.

A doença é lembrada no dia 24 de março em todo mundo por que há 132 anos, em 1882, o médico alemão Robert Koch descobriu o bacilo que causa a tuberculose, hoje conhecido como bacilo de Koch.

Tuberculose

A tuberculose, em todos os seus estágios, tem cura. Porém, as pessoas que procuram ajuda ainda no início da doença, ficam com sequelas menores nos pulmões. “Feridas são normais, pois a tosse machuca as paredes dos pulmões”, explica Allan Kardec.

O exame realizado nos pacientes é o Baciloscopia, que consiste na análise do bacilo de Koch. São coletadas duas amostras de saliva para avaliação, a primeira já no ato do exame e a segunda no dia seguinte, com o paciente em jejum. O resultado já sai rapidamente após a segunda coleta.

O Dr. Allan Eurípedes ainda ressalta a importância de todos os profissionais da saúde serem “vigilantes da tosse”. “Independente da área de atuação, os agentes da área da saúde devem se informar quanto à tosse do paciente. Caso eles estejam com esse problema há mais de três semanas, o médico deverá encaminhá-lo para a Sala da Tosse”, explica.

Atendimento

Pessoas que tossem há mais de três semanas devem procurar o atendimento, que também está disponível nas demais regionais do Distrito Federal. Esse, segundo Allan, é o prazo para detectar a tuberculose em seus primeiros estágios. “É o tempo ideal para trabalharmos adequadamente o quadro desse paciente”, diz.

A Sala da Tosse tem a agenda aberta. Pela ordem de chegada, entre as 9 e 17h30, qualquer pessoa pode solicitar o exame de Baciloscopia.

Por Lucas Carvalho, da Agência Saúde DF.
Atendimento à imprensa:
(61) 3348-2547/2539 e 9862-9226