Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
5/10/16 às 21h58 - Atualizado em 30/10/18 às 15h16

HRC é a primeira unidade do DF a implantar o Projeto Alta Segura

Novo fluxo de atendimento às mulheres que deram à luz foi apresentado nesta quarta (5)

BRASÍLIA (05/10/16) – O Hospital Regional de Ceilândia (HRC) será o primeiro do Distrito Federal a implantar o projeto Alta Segura, preconizado pela Rede Cegonha do Ministério da Saúde. O objetivo é estabelecer um fluxo de atendimento para as mulheres que acabaram de dar à luz e aos bebês desde o hospital até as primeiras consultas nas unidades básicas.

O novo fluxograma foi apresentado nesta quarta-feira (5) por técnicos da Superintendência da Região Oeste de Saúde. Após o HRC o programa será expandido para o Hospital Regional de Brazlândia (HRBz).

A consultora do grupo condutor da Rede Cegonha do Ministério da Saúde, Ariane de Matos, que assistiu à apresentação do fluxograma, explicou que o projeto Alta Segura, já foi implantado em Belo Horizonte (MG) e São Luiz do Maranhão (MA). Segundo ela, o acompanhamento inicial proporciona segurança, e é essencial a saúde da mãe e do bebê.

” Nestes primeiros dias, os profissionais de saúde podem identificar problemas graves como hemorragias e infecção puerperal, com o acolhimento na atenção básica mãe e bebê terão um cuidado mais imediato”.

O fluxograma da Alta Segura foi elaborado pela equipe multiprofissional do HRC, que inclui médicos, enfermeiros, assistentes sociais e psicólogos entre outros, e  em parceria com a Diretoria Regional de Atenção Primária à Saúde – Diraps.