Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
29/01/20 às 13h51 - Atualizado em 29/01/20 às 15h50

HRC realiza força-tarefa de cirurgias ortopédicas

Ação conjunta reduzirá filas e o tempo de internação dos pacientes

 

O Hospital Regional de Ceilândia (HRC) inicia, nesta quarta (29), uma força-tarefa de cirurgias ortopédicas. A previsão inicial é de que a unidade realize três procedimentos a mais durante dois dias da semana, no período das 19h à meia-noite. De acordo com a Superintendente da Região de Saúde Oeste, Lucilene Florêncio, as ações vão permitir uma assistência mais eficaz aos usuários. “Vamos diminuir o tempo de espera e de internação hospitalar e por consequência reduzir o risco de outras doenças para o paciente”, explica.

 

Atualmente, o HRC possui 60 pacientes em condições clínicas de serem operados. Esses usuários apresentam quadros de fratura de quadril, fêmur, pé e membros superiores. “Ao agilizar o tratamento cirúrgico, haverá uma redução na fila e o aumento da disponibilidade de leitos. A nossa expectativa é atingir uma média de 30 cirurgias a mais por mês”, completa Florêncio.

 

Para o médico ortopedista e diretor do HRC, Amilton Bueno, ao proporcionar melhores condições de atendimento ao usuário, todo o hospital é beneficiado. “Realizando a cirurgia no tempo adequado, permitimos que o paciente tenha uma melhora mais efetiva em seu quadro de saúde. Por sua vez, a unidade hospitalar reduz custos com medicamentos e tempo de internação”, comenta.

 

A mobilização para a realização dos procedimentos cirúrgicos inclui diversos serviços da unidade hospitalar, contando com profissionais escalados exclusivamente para as cirurgias. “Com o objetivo de exercer uma assistência integral e humanizada, reforçamos a equipe com três técnicos de enfermagem e um enfermeiro para atuar nos cuidados aos pacientes”, detalha o gerente de enfermagem do HRC, Vanderson Moreira.

 

SERVIÇO DE REFERÊNCIA – O HRC atende a uma população de 600 mil habitantes e possui 35 leitos de ortopedia, sendo oito no pronto-socorro e 27 na internação. Durante o ano de 2019, a unidade realizou por mês, em média, 200 cirurgias ortopédicas.

 

Percy Souza, da Agência Saúde

Fotos: Divulgação e Bruno Esaki/Saúde DF