Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
12/04/18 às 15h55 - Atualizado em 30/10/18 às 15h19

HRG promove evento voltado à segurança do paciente

 

 

 

O Hospital Regional do Gama (HRG) promoveu, nesta quinta-feira (12), o pré-lançamento do “Dia da Segurança do Paciente” na unidade, que será realizado em 18 de abril.

 

Profissionais do HRG, em parceria com o Hospital Naval de Brasília, fizeram orientações aos usuários do hospital, acompanhantes e servidores sobre segurança do paciente.

 

As ações incluíram uma dinâmica de perguntas e respostas sobre o tema e uma paródia que tratava de higienização das mãos.

 

As atividades têm como objetivo melhorar a cultura de segurança institucional e estimular os servidores a participar das ações educativas e de melhorias do processo assistencial que está sendo implantado no Hospital do Gama.

 

Segundo a chefe do Núcleo de Qualidade e Segurança do Paciente do HRG, Rayanne Balbino, os trabalhos com servidores e pacientes superaram as expectativas. “Percebi uma excelente receptividade das pessoas que estavam próximas durante as orientações. Há interesse no tema porque ele é essencial”, comenta.

 

Para a tenente Patrícia Gomes, encarregada do Núcleo de Segurança do Paciente no Hospital Naval, além da troca de experiências com o HRG, o evento é importante para motivar ações voltadas ao bem-estar dos usuários na rede pública de saúde.

 

“O intuito é levar atividades inovadoras, com criatividade, para incentivar os profissionais da saúde a promover a segurança do paciente.”

 

A data de 18 de abril será o Dia D da Segurança do Paciente no HRG, que promoverá palestras, com profissionais de várias unidades de saúde da rede, sobre a importância da difusão do tema entre os servidores do hospital.

 

SEGURANÇA DO PACIENTE – A iniciativa é um componente essencial da qualidade do cuidado, e tem adquirido, em todo o mundo, importância cada vez maior para os pacientes e suas famílias, gestores e profissionais de saúde, no sentido de oferecer uma assistência segura.

 

Os incidentes associados ao cuidado de saúde e, em particular, os eventos adversos (com danos ao paciente), representam uma elevada morbidade e mortalidade em todos os sistemas de saúde.

 

Esta situação levou a Organização Mundial de Saúde (OMS) e diversos organismos internacionais a lançarem campanhas, desafios e estratégias voltadas à redução de riscos e de danos no cuidado à saúde.

 

No Brasil, a RDC/Anvisa nº 36/2013 que institui ações para a segurança do paciente em serviços de saúde e dá outras providências.

 

 

TEXTO: Leandro Cipriano, da Agência Saúde
FOTOS: Matheus Oliveira

 

HRG promove evento voltado à Segurança do Paciente