Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
26/10/12 às 11h38 - Atualizado em 30/10/18 às 14h57

Idoso com Fratura terá atendimento rápido no Paranoá

Grupo de atenção criado no HRPa deve diminuir tempo de espera por cirurgia

 

O Hospital Regional do Paranoá (HRPa) terá, a partir de 5 de novembro, um grupo de atenção a Idosos com fraturas. O objetivo é diminuir o tempo de espera da cirurgia do paciente da terceira idade, para até 72 horas. Atualmente, o idoso é operado entre cinco e 15 dias após a sua entrada no pronto-socorro, em razão dos exames pré-operatórios que têm de ser realizados. Em média, dois idosos com fraturas são operados por semana no hospital.

De acordo com o coordenador da regional de Saúde do Paranoá, Rommel Costa, “esse grupo é importante para acelerar o atendimento e evitar maiores complicações no quadro de saúde do idoso. Dentre esses pacientes, será priorizado o atendimento aos casos de fratura no fêmur, considerada mais grave devido ao tempo prolongado de imobilização”.

Com a criação do grupo, todo paciente da terceira idade que for atendido no pronto-socorro do HRPa será cadastrado e o sistema informará a todas as chefias relacionadas ao idoso sobre a chegada do paciente e sua situação. A partir desse momento, as especialidades terão que fazer todos os exames pré-operatórios e realizar a cirurgia em até 72 horas. Caso o procedimento não seja efetuado no tempo determinado, a direção do hospital vai intervir para resolver as pendências e viabilizar a cirurgia.

As chefias que receberão informações sobre o estado de saúde do idoso são as de Ortopedia, Anestesia, Cardiologia, Geriatria, Fisioterapia, Enfermagem, Diretoria, Radiologia e Laboratório, além das chefias da Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) e do Controle de Infecção. O sistema utilizado será o Google Docs e a iniciativa não gerou custos ao hospital.

Rafaela Marrocos