Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
27/08/19 às 9h59 - Atualizado em 27/08/19 às 16h07

Iges-DF aplicou provas exclusivas para pessoas com deficiência

COMPARTILHAR

Processo teve organização diferenciada para atender aos candidatos com equidade

 

Nesta segunda-feira (26), o Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do Distrito Federal (Iges-DF) aplicou 454 provas de conhecimentos para candidatos do processo seletivo exclusivo para pessoas com deficiência (PCD). Eles inscreveram-se no período de 16 a 28 de julho e disputam 102 vagas para o cargo de assistente administrativo.

 

“É nosso dever abrir processos seletivos para inclusão de pessoas com deficiência no Iges-DF. Essa é uma iniciativa importante e integra parte de um programa de diversidade para a inclusão de todos os públicos que está sendo elaborado pela nossa Gerência de Desenvolvimento Humano, bem como cumpre com a Lei nº 8219, de julho de 1991, que prevê que as empresas contratem pessoas com deficiência”, ressaltou o diretor-presidente do Iges-DF, Francisco Araújo.

 

Os testes foram aplicados das 8h às 12h e das 14h às 16h, na Escola de Aperfeiçoamento dos Profissionais de Educação (EAPE), que conta com acessibilidade como rampas largas e salas que comportam pessoas com mobilidade reduzida.

 

O público participante incluiu pessoas com baixa visão, deficientes auditivos oralizados, pessoas com mobilidade reduzida de membros inferiores, pessoas com deficiência física nos membros superiores e pessoas com deficiência intelectual.

 

Por isso, os testes foram adaptados às necessidades dos candidatos. Houve provas com intérprete de Libras (Língua Brasileira de Sinais) e com letras aumentadas. Os candidatos foram separados em salas por tipo de necessidades para que recebessem o apoio de profissionais especializados.

 

CAPACITAÇÃO – Para receber as pessoas com deficiência, o Iges-DF por intermédio da Gerência de Desenvolvimento Humano realiza capacitações constantemente, sendo a última realizada em 21 de agosto. O objetivo é sensibilizar as equipes para acolher e apoiar as rotinas de trabalho e limitações dos colaboradores com deficiência.

 

Participaram do treinamento equipes das áreas de oncologia, nefrologia, radioterapia, gerência de emergência e enfermagem, entre outras áreas.

 

Do Iges-DF

Foto: Davidyson Damasceno/Iges-DF