Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
1/06/19 às 10h19 - Atualizado em 1/06/19 às 12h51

Iniciada força-tarefa do Dia D de Prevenção e Combate ao Aedes aegypti

Vistorias serão feitas em cerca de 30 mil casas em todo o Distrito Federal

 

A manhã deste sábado (1º) começou agitada no Taguaparque, em Taguatinga, onde mais de 1,3 mil servidores da Diretoria de Vigilância Ambiental (Dival) da Secretaria de Saúde, em parceria com o Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal, se reuniram para iniciar a força-tarefa do Dia D de Prevenção e Combate ao Aedes aegypti no DF.

 

A ação conta com 350 servidores da Dival e um efetivo de mil homens dos Bombeiros. Eles vão vistoriar aproximadamente 30 mil casas em várias regiões administrativas do Distrito Federal, especialmente as com maior incidência de casos de dengue. A previsão é de que cada agente visite, pelo menos, 20 imóveis.

 

“É um esforço conjunto para fazer uma análise entomológica em 100% das áreas dadas como positiva. Queremos fazer essa atividade com o cidadão, no intuito de melhorar e incentivar cada vez mais o combate ao vetor. Conclamamos a todos a tirar, pelo menos, 10 minutos do seu dia e nos ajudar na vistoria do seu imóvel”, afirmou o subsecretário de Vigilância à Saúde, Divino Valero.

 

Na operação, serão empregados, pela Dival, 68 veículos, dez carros acoplados com UBV (fumacê) e dez equipes com UBV costal. Os bombeiros usarão 22 viaturas da corporação e um drone. “O que estamos fazendo aqui é uma grande parceria em prol da vida, com a participação dos militares nos ajudando, no processo de conscientização e educação em saúde das pessoas”, ressaltou o subsecretário.

 

Desde janeiro deste ano, nas regiões de Saúde Leste e Norte, foram desenvolvidas diversas ações com mais intensidade, obedecendo também à logística do Corpo de Bombeiros Militar.

 

REGIÕES – As atividades serão realizadas com ênfase em Ceilândia, Taguatinga, Samambaia, Guará, Vicente Pires, Núcleo Bandeirante, Riacho Fundo I, Recanto das Emas e Planaltina. Confira os endereços logo abaixo.

 

As áreas escolhidas para o trabalho preventivo contra o mosquito transmissor da doença foram planejadas com base no resultado do último LIRAa e na circulação viral, conforme o descrito no Boletim Epidemiológico nº 18.

 

O combate ao Aedes também contará com o apoio de diversos setores do governo, como Caesb, Casa Civil, Defesa Civil, SLU, Novacap, Emater, secretarias de Cidades e de Transporte e Mobilidade.

 

LOCALIDADE ENDEREÇOS
Guará QE 34  – Guará II

QE 40   – Guará II

Vicente Pires Rua 3 – chác. 81 A 95

Rua 3 – chác. 26, 27, 32 a 53

Núcleo Bandeirante Vila Cauhy

Setor de Oficinas

Riacho Fundo I QN 7

QS 10

QS 8

Ceilândia QNN 6, 7, 8 e 9

QNM 1, 3, 5 e 7

QNP 10 – P Sul

Sol Nascente

Recanto das Emas Quadras 400, 401, 402, 403, 404, 405
Samambaia QD. 100 ímpares
Taguatinga QNM 40
Planaltina Vale do Amanhecer

 

Carolina Pedroza e Leandro Cipriano, da Agência Saúde
Fotos: Divulgação/Saúde-DF