Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
31/10/12 às 11h56 - Atualizado em 30/10/18 às 14h57

Brasil Sorridente será lançado nesta quinta-feira

Secretaria vai ganhar unidade móvel do Ministério da Saúde

O Programa Brasil Sorridente, uma iniciativa do Governo Federal, será lançado no Distrito Federal nesta quinta-feira (1º), às 11h, pelo ministro da Saúde, Alexandre Padilha, o governador Agnelo Queiroz e o Secretário de Saúde, Rafael Barbosa, na Fundação de Ensino e Pesquisa em Ciências da Saúde (Fepecs), no Setor Médico Hospitalar Norte. Durante a solenidade, o Ministério da Saúde doará à Secretaria de Saúde do DF uma Unidade Móvel equipada para realização de tratamento em saúde bucal. De acordo com o gerente de Odontologia da SES-DF, Sérgio da Mata, a Unidade Móvel vai atender pessoas que residem em áreas isoladas, de difícil acesso, disponibilizando procedimentos de atenção primária e equipamento de Raio-X.

O gerente destaca as conquistas na área no Distrito Federal, a partir de 2011. “Foram nomeados 220 cirurgiões-dentistas, dos quais 170 efetivamente tomaram posse. Também foram empossados dois técnicos de prótese dentária e 116 técnicos em saúde bucal, dentre os 116 que foram empossados”, comenta Sérgio, acrescentando que no total a rede pública de saúde do DF conta com 473 cirurgiões-dentistas. Além disso, foram formadas mais 56 equipes de Saúde Bucal na Estratégia de Saúde da Família.Todas as regionais de saúde oferecem atendimento odontológico nos hospitais, com exceção de Samambaia, e todos os centros de saúde contam com equipe de Saúde Bucal.

O DF conta com dez unidades credenciadas no Ministério da Saúde como Centro de Especialidades Odontológicas (CEO). São elas: Hospital Regional de Ceilândia, Centro de Saúde nº 11 de Ceilândia,  Hospital Regional de Santa Maria, Hospital Regional de Taguatinga, Unidade Mista de Taguatinga, Hospital Materno Infantil de Brasília, Unidade de Odontologia da 712/912 Sul,  Hospital Regional da Asa Norte, Hospital Regional de Sobradinho e Hospital Regional de Planaltina. Em abril, foram realizados cursos de capacitação para atendimento ao paciente com necessidades especiais para 40 dentistas dos CEO.

Para receber atendimento de primeira vez, o usuário deve procurar o Centro de Saúde ou a Unidade Básica de Saúde mais próxima de sua casa. Depois de iniciado o atendimento, os retornos são marcados pelo cirurgião-dentista até a conclusão do tratamento. Os centros de saúde e as equipes da saúde da família fazem o atendimento primário, como orientação aos pacientes, limpeza, tratamento básico das gengivas e restaurações dentárias. Quando o paciente necessita de tratamento mais especializado como canal, cirurgia, tratamento avançado das gengivas, ele é encaminhado para o CEO de referência.