Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
23/05/13 às 18h03 - Atualizado em 30/10/18 às 15h05

Mais agilidade na marcação de consultas na cirurgia pediátrica

COMPARTILHAR

Procedimentos são feitos no HMIB e Hospital da Criança 

Para atender uma fila de mais de 3.800 crianças que esperam por cirurgias a Rede de Saúde do Distrito Federal sistematizou e informatizou o processo de marcação de consultas visando agilizar o atendimento.

A marcação de consulta pode ser feita por qualquer unidade de saúde da rede através do Sistema de Regulação (SISREG) e é realizada nos centros de referência da rede, Hospital Materno Infantil e o Hospital da Criança de Brasília. Segundo o Coordenador de Cirurgia Pediátrica da Secretaria, Acimar Gonçalves da Cunha Júnior, a ação ajudou a organizar as agendas e vagas disponíveis para cirurgias. “Chegamos a fazer cerca de 1.500 procedimentos por ano no HMIB, por isso, é importante ter celeridade para atender essa grande demanda”, relata o coordenador.

As ações para aprimorar o atendimento ainda contam com mais uma iniciativa da Coordenação de Cirurgia Pediátrica. A unidade encaminhou proposta para Secretaria de Saúde sugerindo a implantação da classificação de risco também para os procedimentos. Segundo Acimar, o objetivo é repetir os bons resultados da Classificação de Risco já implantados no Centro Obstétrico e no Pronto Socorro da Pediatria do HMIB. “Acredito que conseguiremos dar mais prioridade aos casos graves como, por exemplo, uma criança com hérnia inguinal, ao compararmos aqueles que esperam para fazer cirurgia de dedo extra numerário articulado que é um caso menos grave”, conclui o coordenado.

Ana Luiza Greca