Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
27/10/20 às 16h51 - Atualizado em 27/10/20 às 17h16

Mais de 27 mil cães e gatos já foram vacinados contra a raiva no DF

COMPARTILHAR

Doença pode causar encefalite aguda capaz de levar as vítimas a óbito em quase 100% dos casos

 

CRISTINA SOARES

 

A campanha de vacinação antirrábica da Secretaria de Saúde já vacinou 27.124 cães e gatos nas zonas rural e urbana do Distrito Federal. Apesar de há muitos anos não haver casos de raiva em humanos e animais no DF, a enfermidade precisa ser tratada com seriedade.

 

Dentre as doenças infecciosas de origem viral, a raiva é a única em relação a seu alcance e ao número de vítimas que pode gerar uma encefalite aguda capaz de levar as vítimas a óbito em quase 100% dos casos. A doença acomete todas espécies de mamíferos, inclusive, seres humanos.

 

ç

Vacina protege cães e gatos contra o vírus da raiva – Foto: Breno Esaki/Agência Saúde DF

 

Um dos importantes pilares do programa de vigilância da raiva preconizado pelo Ministério da Saúde é a campanha anual de vacinação em cães e gatos, com o objetivo de manter uma parcela significativa desses animais imune ao vírus. A expectativa da Secretaria de Saúde é vacinar 80% da população de cães e gatos, seja da cidade ou da zona rural, estimada em 345.033 animais, sendo 308.419 cães e 36.613 gatos.

 

“Todos os cães e gatos acima de três meses de idade podem receber a vacina antirrábica, lembrando que os que receberem a dose pela primeira vez devem ser revacinados após 30 dias”, informa Rodrigo Menna, gerente de Vigilância Ambiental de Zoonoses.

 

O gerente destaca ainda que os donos dos animais devem se atentar aos cuidados ao chegarem aos pontos de vacinação, entre eles que os animais devem ser conduzidos por pessoas com idade e porte adequados para o manejo e segurança. “É recomendado levar os felinos dentro de caixas de transporte apropriadas; o condutor do animal deverá usar máscara e será necessário manter o distanciamento na fila”, conclui Menna.

 

Pontos de vacinação

 

Nesta terça-feira (27), a Vigilância Ambiental atualizou mais de 50 novos pontos de vacinação. Os locais estão distribuídos em todas as regiões administrativas, e o cronograma com endereços, datas e horários tem sido atualizado semanalmente na página da campanha, que vai até o final de novembro.

 

A vacina também fica disponível ao longo de todo o ano nos Núcleos Regionais de Vigilância Ambiental e na sede da Vigilância Ambiental, no Setor Noroeste.

Leia também...