Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
12/03/13 às 19h47 - Atualizado em 30/10/18 às 14h58

Mais qualidade de vida para os profissionais de saúde

Equipe do Recanto das Emas participa de curso

Profissionais de saúde de várias categorias do Recanto das Emas estão participando do projeto “Abraçando a Saúde do Servidor”, com objetivo de melhorar a qualidade de vida daqueles quem cuidam da saúde do cidadão. O projeto foi elaborado pelo Núcleo de Vigilância Epidemiológica de Doenças não Transmissíveis/Gedant/SES-DF, e no Recanto das Emas, tem parceria com o Núcleo de Educação Permanente/NEPS.

Segundo a chefe do NEPS, Rosana S. Sousa, o projeto ocorrerá no Recanto das Emas durante sete encontros às terças-feiras, de 8h às 12h, na Faculdade Icesp, quadra 201. A turma, composta por 40 participantes, conta com médicos, enfermeiros, odontólogos, farmacêuticos, assistentes sociais, nutricionistas, técnicos em saúde bucal, de enfermagem, administrativos e agentes comunitários de saúde. A meta é que ao fim do projeto, todos estejam qualificados para atuar como multiplicadores das informações obtidas em seus ambientes de trabalho e também junto à comunidade.

O agente comunitário Natal Silva é um exemplo da atuação como multiplicador, Ele participou do projeto ocorrido em Samambaia, no ano passado, e agora é um dos facilitadores do curso no Recanto das Emas, no tópico sobre exercícios físicos.

No Recanto das Emas, o curso é ministrado pelo médico Ícaro Alcântara, pela enfermeira Simony Leite e pela nutricionista Debora Ronca. O projeto tem amplitude mundial e faz parte das ações pactuadas em 2006 entre vários países, na elaboração do Plano de Enfrentamento das Doenças Crônicas não Transmissíveis, do qual o Brasil faz parte.

No Distrito Federal, o projeto para formação de multiplicadores teve início em outubro do ano passado e já foi realizado em Samambaia e Sobradinho, agora passa pelo Recanto das Emas, devendo ser expandido para todas as demais cidades, explica Simony.

“Mudei vários hábitos alimentares depois de participar do curso, principalmente em relação ao consumo de verduras, que antes eu não comia de jeito nenhum. Ao inserir as verduras em minha alimentação, a resposta veio rápida com a diminuição do nível de colesterol”, lembrou Natal.

A previsão é que uma outra turma participe do projeto no segundo semestre, desta vez, com participação dos conselheiros de saúde do Recanto das Emas. Antes de participar do curso propriamente dito, os profissionais passam por uma sensibilização a fim de que a turma seja formada com pessoas que tenham o perfil necessário para serem multiplicadores. “Direcionamos o curso a pessoas que realmente queiram alterar os seus hábitos de vida, pois trata-se de um projeto de educação permanente”, explica Débora.

Tópicos apresentados durante o curso:

Alimentação e nutrição
Qualidade da água
Educação postural
Técnicas de relaxamento
Atividades físicas
Importância da auto estima
Combate ao stress

Arielce Haine