Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
23/10/19 às 12h55 - Atualizado em 23/10/19 às 17h52

Mobilização contra o câncer de mama já apresenta resultados

COMPARTILHAR

 

 

Exames estão identificando lesões suspeitas e casos são investigados

 

Foto: Mariana Raphael/Saúde-DF

A campanha desencadeada neste Outubro Rosa está gerando bons resultados. Os exames realizados em mulheres que procuraram o Hospital da Região Leste (HRL, antigo Hospital Regional do Paranoá) já identificaram lesões suspeitas de câncer de mama e essas pacientes foram encaminhadas para aprofundar a investigação.

 

A mamografia de rotina é recomendada para as mulheres com idade entre 50 e 69 anos, a ser realizada a cada 24 meses. Para atender a esta faixa etária e às demais mulheres que queiram manter os cuidados preventivos com a saúde, as Unidades Básicas de Saúde (UBS) estão mobilizadas e à espera das pacientes para fazer exames citopatológicos (Papanicolau) e encaminhamentos à mamografia, neste Outubro Rosa, mês de prevenção e combate ao câncer de mama.

 

As ações da Secretaria de Saúde, durante este mês, visam a prevenir a doença e estimular a realização dos exames preventivos. Todos os hospitais estão empenhados nesta ação, como o Hospital da Região Leste (HRL, antigo Hospital Regional do Paranoá), que está com toda a equipe mobilizada para ampliar o atendimento às mulheres.

 

“A adesão está boa, embora algumas pacientes marcadas ainda estejam faltando. Mas a campanha está originando resultados. Já identificamos algumas lesões suspeitas de câncer e essas pacientes prosseguirão com a investigação”, afirma o chefe do Serviço de Radiologia do HRL, João Marcos Meneses.

 

ATIVIDADES – Além do atendimento intensificado para a realização de exames, as pacientes participam de palestras, fazem testes rápidos, recebem orientações sobre o autoexame das mamas, entre outras atividades, conforme a programação de cada unidade.

 

Foto: Divulgação/Saúde-DF

A UBS 2 de Santa Maria está realizando, nesta quarta-feira (23), uma ação de saúde em comemoração ao Outubro Rosa. A equipe de saúde está oferecendo orientações quanto à prevenção ao câncer de mama e de colo do útero, corte de cabelo, serviço de manicure e pedicure, designer de sobrancelhas e barbeiro para atender os homens.

 

PROGRAMAÇÃO – As unidades de saúde do Recanto das Emas e de Taguatinga também estão promovendo atividades especiais, alusivas ao Outubro Rosa. A UBS 1 de Taguatinga já organizou rodas de conversa para conscientização sobre os cuidados relacionados à saúde da mulher, direcionadas às pacientes desta unidade.

 

Já a UBS do Recanto das Emas realizou ações que incluíram exames preventivos ao câncer, testes rápidos para detectar sífilis, HIV, hepatites B e C, além de oferecer orientações sobre doenças sexualmente transmissíveis, alimentação saudável e atividade física.

 

Foto: Mariana Raphael/Saúde-DF

PORTAS ABERTAS – As ações do Outubro Rosa vão continuar durante todo este mês. As unidades básicas de saúde (UBS) e Policlínicas estão de portas abertas acolhendo as mulheres e realizando exames preventivos e mamografia.

 

O Instituto Nacional de Câncer (Inca) estima a detecção de 59.700 casos novos de câncer de mama em 2019. Os dados do Inca ainda identificaram que o Brasil figurou, em 2018, na segunda faixa mais alta de incidência de câncer de mama entre todos os países, com uma taxa de 62,9 casos por cada grupo de 100 mil mulheres.

 

Da Agência Saúde

 

Leia também...