Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
27/11/20 às 15h44 - Atualizado em 27/11/20 às 15h59

No mês do diabetes, Centro de Atenção reforça os cuidados com alimentação

COMPARTILHAR

Pacientes recebem orientações sobre alimentação saudável em um mural informativo

 

LUIZ FERNANDO CÂNDIDO, DA REGIÃO DE SAÚDE LESTE

 

O Centro de Atenção ao Diabético e Hipertenso (CADH), do Hospital da Região Leste (HRL) no Paranoá, criou um mural informativo sobre a classificação dos alimentos conforme o Guia Alimentar para a população brasileira. A iniciativa integra a campanha Novembro Diabetes Azul e chama atenção para alimentos mais saudáveis. O mural foi feito por duas nutricionistas da Atenção Secundária.

 

Mural informativo classifica alimentos conforme o Guia Alimentar para a população brasileira – Foto: Divulgação/Saúde DF

 

“Esses murais nós fazemos de tempos em tempos para os usuários do serviço. Esse nós fizemos especialmente para o mês do diabetes, mas a equipe de nutrição do CADH (nutricionistas e estagiárias) está sempre atualizando o mural com algum tema novo”, explica a nutricionista do Centro de Atenção ao Diabético e Hipertenso, Manuela Pinheiro Normando, que elaborou o mural junto com a nutricionista Fernanda Takeuti, também do CADH.

 

Entre um atendimento e outro, o espaço também é utilizado para esclarecer algumas dúvidas que possam surgir nas consultas, uma vez que a alimentação é parte importantíssima no tratamento do diabetes.

 

O mural educativo ainda destaca o que seria um prato saudável. De acordo com a nutricionista Manuela Pinheiro Normando, “cada indivíduo tem uma necessidade nutricional individual, mas de maneira geral podemos dizer que o prato ideal é composto por 50% de vegetais (crus e cozidos), 25% de alguma fonte de carboidrato e 25% de alguma fonte de proteína”.

 

Os rótulos, que por muitas vezes passam despercebidos por olhares desatentos, são parte importante numa alimentação saudável. Entender a lista de ingredientes e a informação nutricional dos alimentos industrializados para sabermos realmente o que estamos consumindo é crucial.

 

Ambulatórios

 

No DF, há ambulatórios multidisciplinares para tratar diabetes na Atenção Secundária de toda as regiões de saúde do DF. Eles estão localizados nos hospitais públicos de Taguatinga, Ceilândia, Gama, Guará (Cedhic), Sobradinho, Paranoá, Santa Maria e Base, além do Centro Especializado em Diabetes, Obesidade e Hipertensão (Cedh) na Asa Norte.