Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
31/01/13 às 19h22 - Atualizado em 30/10/18 às 14h57

Oficina de artes para tratamento de pacientes

COMPARTILHAR

Lançamento na Unidade Mista da 508 Sul

O Dia Mundial de Luta contra a Hanseníase – 27 janeiro – foi lembrado na Unidade Mista da 508 Sul (UMS) com o lançamento das Oficinas Corpo e Arte para pacientes da unidade. A iniciativa visa proporcionar tratamento integral e não medicamentoso, proporcionando maior adesão ao tratamento. “Queremos que o paciente seja acolhido e tratado com uma visão que vai além da doença”, relata a idealizadora do projeto, Cristina Maria da Cruz Gonçalves.

A oficina reuniu mais de 30 participantes entre crianças e adultos que realizaram atividades como aulas de pintura, argila, fuxico, jogos de dominó, tudo embalado ao som do violão e músicas brasileiras. Além dos pacientes, servidores e voluntários também participaram.

Paulo de Paula atuou como voluntário nas aulas de argila e aprovou a iniciativa. “Sou artista há 22 anos e sempre trabalhei com grupos e medidas socioeducativas. Trabalhar com a cerâmica tranquiliza e aprimora a concentração. Vê-los tão dedicados e se divertindo é muito gratificante”, comenta o artista.

O fisioterapeuta Silvio César Leite, que trabalha com o grupo de hanseníase,relata os benefícios que as oficinas podem trazer ao grupo. “Pacientes com hanseníase e AIDS podem apresentar dificuldade motora, portanto, atividades como a pintura e argila ajudam na reabilitação de forma lúdica, proporcionando a eles não só uma reinserção física, mas também uma reinserção social.”

A UMS é um centro de referência em atendimento de hanseníase, tuberculose, diabete, Doenças Sexualmente Transmissíveis/DST’s. A unidade atende 60% dos pacientes portadores de HIV/AIDS no Distrito Federal.

Ana Luiza Greca