Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
14/09/21 às 19h23 - Atualizado em 15/09/21 às 16h11

Oficina Previne Brasil discute com gestores novo modelo de financiamento da atenção primária à saúde

Evento contou com a participação do secretário de saúde, general Pafiadache

 

LÍVIA DAVANZO, DA AGÊNCIA SAÚDE-DF

 

O secretário de saúde, general Pafiadache, participou na manhã desta terça-feira (14) da abertura da oficina Previne Brasil. Na ocasião, ressaltou a importância da atenção primária para toda a rede e a relevância do evento. “Tudo que fizermos, que analisarmos e projetarmos aqui terá naturalmente uma influência muito grande na saúde da população”, afirmou.

 

Foto: Geovana Albuquerque/Agência Saúde-DF

Ainda durante a abertura, a secretária-adjunta de Assistência à Saúde, Raquel Beviláqua, destacou que a Secretaria de Saúde tem trabalhado no sentido de fortalecer a atenção primária para trazer resolutividade para todos os níveis de atenção.

 

Segundo ela, o Previne Brasil vem como uma política de remodelagem da forma de financiamento do Ministério da Saúde junto à atenção primária e é baseadO em indicadores e cadastro da população. “Sabemos que a rede só consegue ofertar um serviço de qualidade ao nosso usuário com uma atenção primária fortalecida, robusta, capacitada”, pontuou a secretária-adjunta.

 

Também presente à abertura, o coordenador da Atenção Primária à Saúde, Fernando Erick Damasceno, chamou a atenção para o papel da atenção primária durante a pandemia. “A atenção primária mostrou o seu valor não só no enfrentamento da pandemia como assumindo talvez a maior campanha de vacinação da história do Brasil. Paralelo a isso, continuamos entregando os demais serviços da rede”, destacou. O coordenador reforçou que a oficina oportuniza entender os próximos cenários da atenção primária no Distrito Federal.

 

Foto: Geovana Albuquerque/Agência Saúde-DF

Participaram da mesa de abertura o secretário de atenção primária à saúde do Ministério da Saúde, Raphael Câmara; o secretário-executivo do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), Jurandi Frutuoso; e o diretor financeiro do Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems), Hisham Hamida.

 

Previne Brasil

 

O programa Previne Brasil representa o novo modelo de financiamento da atenção primária à saúde e foi instituído em 2019 pela Portaria nº 2.979 do Ministério da Saúde. O intuito é reestruturar o repasse de recursos aos municípios e Distrito Federal, com foco no cadastramento de usuários nas unidades básicas de saúde.

 

Foto: Geovana Albuquerque/Agência Saúde-DF

A oficina visa debater com os gestores o novo modelo de financiamento. O evento acontece ao longo do dia no auditório da Fundação de Ensino e Pesquisa em Ciências da Saúde (Fepecs). Ainda pela manhã, o coordenador-geral de Financiamento da Atenção Primária, Gregory dos Passos Carvalho, falou sobre o modelo de financiamento, mudanças e avanços.

 

Durante a tarde, Kátia Motta e Carlos Henrique Alves de Souza, da Secretaria de Atenção Primária à Saúde, do Ministério da Saúde, abordaram os indicadores de desempenho e registro de informações. Além disso, aconteceu também uma mesa de discussão com a assessora técnica do Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems), Marcela Alvarenga.