Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
4/04/19 às 12h25 - Atualizado em 5/04/19 às 15h35

Paciente comemora aniversário de 75 anos na UTI do Hospital de Base

COMPARTILHAR

Equipe decorou leito da idosa Osvaldina com balões e comprou bolo do parabéns

 

Logo na entrada da UTI Coronariana do Hospital de Base, balões e letras que formavam a palavra ‘Parabéns’ faziam parte da decoração de aniversário de 75 anos da paciente Osvaldina Diniz. A surpresa foi preparada, nesta quarta-feira (3), pela equipe multiprofissional da unidade, que comprou até bolo e cantou parabéns.

 

“Meu aniversário está ótimo. Estou encantada com essa surpresa. Não acreditei quando a equipe começou a arrumar tudo. Chorei de emoção e estou amando”, disse a paciente internada há sete dias, que também recebeu filhos e netos durante o momento de festa.

 

“Eu também não esperava essa surpresa para minha amada avó. Estou contando os dias para ela voltar para casa, mas sei que ela está sendo bem cuidada e mimada, do jeito que ela gosta”, contou o neto, que mora com Osvaldina, Guilherme Henrique Diniz, 27 anos.

 

A enfermeira líder da UTI Adulto, Luana Camaro, destaca que é fundamental humanizar o atendimento. “Os nossos pacientes chegam muito graves e necessitam de atenção maior. Para aqueles que estão conscientes e em condições clínicas, fazemos aniversários e outras ações visando à parte emocional”, contou.

 

Segundo ela, essas ações fortalecem a parte emocional. “Essas são atitudes que ajudam a romper a barreiras de dor e a trazer felicidade. O paciente tem de volta a esperança de ter a saúde restabelecida e vai voltar para casa para retomar a vida”, disse.

 

“Eu cheguei aqui muito mal, mas estou me recuperando. O atendimento aqui é maravilhoso. Não existe hospital público melhor do que esse. A limpeza, a alimentação e a atenção dos profissionais são muito bons. Eu não imaginava que existisse um hospital público igual a esse”, finalizou Osvaldina.

 

Para o presidente do Instituto de Gestão Estrategica de Saúde -Iges-DF Francisco Araújo, a humanização da saúde é um dos pilares da reestruturação proposta pelo governador Ibaneis Rocha, que passa por melhorias das condições daqueles que passam o dia a dia nos hospitais, Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), Unidades Básicas de Saúde (UBSs). “Vamos garantir um tratamento digno para população. Atitudes como essas, promovidas pela nossa equipe, não têm preço e nos incentiva a elevar a qualidade da saúde pública do DF”, concluiu.

 

LEITOS – O Hospital de Base, gerido pelo Iges-DF conta com 68 leitos de UTI, todos em funcionamento. Só na Unidade Coronariana, são oito vagas.

 

Ailane Silva/Iges-DF
Foto: Lúcio Távora/Iges-DF

Leia também...