Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
14/02/14 às 17h41 - Atualizado em 30/10/18 às 15h10

Pacientes com transtornos mentais são acompanhados por programas da SES/DF

COMPARTILHAR

Por mês, mil pacientes são atendidos no Pronto Socorro 

A Secretaria de Saúde (SES/DF) tem 16 hospitais de atendimento multiprofissional e um que assiste a pessoas com demandas mais específicas. É o Hospital São Vicente de Paulo (HSVP), que trata de pessoas com transtornos mentais. Por mês, cerca de mil pacientes são atendidos no Pronto Socorro e 2,5 mil nos ambulatórios. Os programas Sala de Visita, Grupo de Acompanhamento Pós-Internação (GAPI) e o Programa Vida em Casa (PVC) ajudam na recuperação dos internos e dos que já receberam alta.

As pessoas acometidas de transtornos mentais sofrem um forte impacto social devido ao seu comportamento fora dos padrões sociedade. Essas pessoas acabam sofrendo um isolamento imposto pelos seus familiares e amigos, ou porque sentem vergonha ou porque não sabem lhe dar com o problema. O quadro é agravado mais ainda quando não há um tratamento adequado e sistemático. Nesses casos, os surtos são inevitáveis e acabam chegando às portas da emergência do HSVP.

“O Hospital São Vicente de Paulo tem programas que garantem a continuidade dos tratamentos após a alta, diminuindo as recorrências”, disse o diretor do HSVP, Ricardo de Albuquerque Lins.

GAPI

O diretor refere-se ao Grupo de Acompanhamento Pós-Internação (GAPI). Quando o paciente internado no HSVP recebe alta, o GAPI o encaminha para um Centro de Atenção Psicossocial (CAPS III) da SES/DF e monitora de longe o seu tratamento. De junho a dezembro de 2013, o GAPI encaminhou 866 pacientes a 10 CAPS espalhados no DF. Foram 10 ligações, em média, por dia para acompanhar esses pacientes.

Vida em Casa

Há outros casos muito mais graves que impedem o deslocamento da pessoa até os atendimentos de saúde mental. Cerca de 430 pacientes do HSVP passam por isso e, através do programa de Atenção Domiciliar em Saúde Mental – Vida em Casa- conseguem assistência em casa com uma equipe multiprofissional composta por 15 pessoas.

Sala de visitas

Os internos também tem um atendimento diferenciado. O programa Sala de Visitas permite que os familiares desses pacientes mantenham um contato diário com eles. Dessa forma, a família se envolve no processo de recuperação e no acompanhamento diário pós internação.

Só no ano passado, cerca de quatro mil visitantes passou pela recepção participando de perto do tratamento dos internos.

Serviço:

Endereço: São Vicente de Paulo Área Especial nº 01 Taguatinga Sul- DF

Telefone Geral: (61) 3563-6111

Horário de Funcionamento: 24 h

Acesso:
– Demanda Espontânea atendida 24 h;

– Ambulatório: demanda referenciada pelos Centros de Saúde das regionais de Taguatinga, Ceilândia e Samambaia;

Documentação Necessária: GPM's e guia de consulta obtidos nos Centros de Saúde, conforme a sua disponibilidade de vagas, documento de identidade e comprovante de residência.

Por Luana Lemes, da Agência Saúde DF
Atendimento à imprensa:
(61) 3348-2547/2539 e 9862-9226

Leia também...