Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
29/10/18 às 14h22 - Atualizado em 29/10/18 às 15h26

Policlínica é reaberta no Núcleo Bandeirante

Policlínica reformada foi reaberta nesta sexta-feira (26)

 

Depois de 90 dias em reforma, a policlínica localizada na 3ª Avenida do Núcleo Bandeirante foi reaberta, nesta sexta-feira (26), um benefício para toda a população da Região de Saúde Centro-Sul. A unidade possui capacidade para atender 322 mil pessoas.

 

Dispõe de 12 consultórios para atendimento ambulatorial. Os espaços destinam-se a cuidados com a pele (ostomia e feridas complexas), acupuntura, cardiologia, endocrinologia geral, endocrinologia pediátrica, geriatria, ginecologia especializada, colposcopia, nefrologia adulto, ortopedia, pediatria especializada, reumatologia, além de dois locais destinados ao Programa de Atendimento a Vítimas de Violência.

 

Ao todo, 26 servidores atendem à população no local. São 13 médicos, nove técnicos de enfermagem, três enfermeiros e um agente de saúde pública.

 

Presente no evento, o secretário de Saúde, Humberto Fonseca, lembrou que esse já é o terceiro equipamento de atenção secundária entregue na Região de Saúde Centro-Sul em poucos meses. Os outros dois são o Ambulatório de Odontologia no Hospital Regional do Guará (HRGu) e a Policlínica do Riacho Fundo I.

 

“As pessoas poderão ser referenciadas, de qualquer lugar da regional, para esta unidade. Mais do que isso, espera-se que esta policlínica trabalhe em conjunto com a Atenção Primária, para que haja uma interação da equipe Saúde da Família com a equipe especializada, aumentando-se a resolutividade”, explicou Fonseca.

 

Maria das Graças foi a primeira paciente atendida na nova policlínica

 

ATENDIMENTO – A primeira paciente a ser atendida na nova policlínica foi a dona de casa Maria das Graças, de 63 anos. Moradora do Guará, ela foi referenciada para ir à unidade do Núcleo Bandeirante se consultar com especialista sobre a artrite que tem nos pés. “Achei bom demais esse novo local”, elogiou.

 

A reforma do espaço custou R$ 403 mil, recursos provenientes do Ministério da Saúde. Foram instalados forro no teto, novas janelas e piso em cerâmica, e pias e vasos nos banheiros. O local também ganhou pintura nova e uma placa de identificação da policlínica.

 

UNIDADES – Atualmente, a Secretaria de Saúde conta com 23 policlínicas, algumas intra-hospitalares e outras em unidades de saúde exclusivas de atendimento ambulatorial secundário.

 

Em todas elas, é possível encontrar serviços como consultas e procedimentos médicos e especializados, além de exames. Todos os serviços da atenção ambulatorial secundária devem ser regulados, prioritariamente, a partir da Atenção Primária, respeitando-se os fluxos e protocolos da Secretaria de Saúde.

 

Participaram do evento o secretário de Saúde, Humberto Fonseca (à esquerda, próximo da placa) e a superintendente da Região Centro-Sul, Moema Campos, à direita.

 

Leandro Cipriano, da Agência Saúde
Fotos: Breno Esaki