Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
8/11/13 às 21h02 - Atualizado em 30/10/18 às 15h09

Ponto eletrônico está instalado em 90% da rede pública de saúde

COMPARTILHAR

Implantação do sistema é incentivo para pontualidade e assiduidade

O ponto eletrônico já foi instalado em 90% da rede pública de saúde do Distrito Federal. A Administração Central da Secretaria de Saúde foi a primeira a implantar o sistema, seguida do Hospital de Base (HBDF), Hospital Regional da Asa Norte (HRAN) e Hospital Materno Infantil (HMIB). As unidades de Sobradinho, Vigilância Sanitária, Hospital de Apoio, além de outros locais, também contam com o controle de frequência. Em fase de teste, estão as regionais do Guará e Samambaia.

As regionais de Brazlândia e Ceilândia já passaram pelo cadastramento para a confecção dos crachás. O secretário de Saúde, Rafael Barbosa, afirma que o sistema permite acompanhar a conduta dos servidores. “O controle de frequência é um incentivo aos servidores no que diz respeito à pontualidade e assiduidade. Entendo que o processo, gradativo, está próximo da meta que é inserir o sistema em toda SES”, ressalta.

Em outubro, foi iniciado o cadastramento biométrico obrigatório dos funcionários da regional do Gama. O registro dos servidores, que vai até o próximo dia 17, está sendo realizado no Núcleo de Tecnologia e Informação do hospital de 8h às 12h e das 13h às 22h, de segunda-feira a domingo. Os servidores devem comparecer ao local, munidos de documento de identificação com foto.

No dia 1º deste mês o ponto eletrônico passou a ser obrigatório na Coordenação de Saúde do Núcleo Bandeirante e cidades vizinhas. Durante esta semana um minilaboratório de informática foi montado, na unidade, para receber os gerentes das regionais de saúde da Candangolândia, Riacho Funfo I e II, Park Way, além da Unidade de Pronto Atendimento. Os gestores participaram de treinamento para sanar as últimas dúvidas sobre o controle de frequência.


Por Samara Neres, da Agência Saúde DF

Atendimento à imprensa

(61) 3348-2547/2539 e 9826-9226

Leia também...