Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
7/11/17 às 10h48 - Atualizado em 30/10/18 às 15h18

Práticas Integrativas são tema de dois seminários

COMPARTILHAR

Ações debaterão temas relacionados às práticas integrativas

BRASÍLIA (7/11/17) – A convite da Coordenação Nacional de Práticas Integrativas e Complementares no Sistema Único de Saúde, do Ministério da Saúde, a Gerência de Práticas Integrativas (Gerpis) da Secretaria de Saúde participará, nessa terça-feira (7), das 14h30 às 17h, de dois eventos sobre o tema. As ações são o Seminário Hospitais Integrativos na Alemanha: o que aprendemos em quatro décadas de experiência e a Liga de hospitais integrativos: a experiência brasileira.

Os assuntos serão apresentados pelo médico alemão Thomas Breitkreuz, o médico antroposófico da Universidade Federal de São Paulo (UFSP), Ricardo Ghelman e o médico do Instituto Nacional do Câncer (Inca), Carlos José Coelho de Andrade.

Nos últimos meses, a unidade tem participado de diversos eventos relacionados ao assunto. A Gerpis é responsável pela implementação, ampliação e manutenção da qualidade dos serviços das práticas integrativas no âmbito da rede. Ao todo, são 14 práticas integrativas e mais de 250 serviços oferecidos aos servidores e aos cidadãos nas sete regiões de saúde.

Segundo Alexandre Staerke, da Gerpis, o objetivo é possibilitar a ampliação de consciência e de autocuidados. “Assim, conseguimos gerar uma mudança de estilo de vida, bem como mais saúde para a população”, explica.

As práticas integrativas são acupuntura, arte terapia, automassagem, fitoterapia, hatha yoga, homeopatia, lian gong em 18 terapias, medicina e terapias antroposóficas, meditação, musicoterapia, reiki, shantala, tai chi chuan e terapia comunitária integrativa.