Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
26/02/20 às 13h26 - Atualizado em 27/02/20 às 14h50

Prédio da UBS 8 de Ceilândia receberá reforma e melhorias

COMPARTILHAR

Durante a readequação, serviços serão remanejados para outra unidade da região

 

Os serviços da Unidade Básica de Saúde (UBS) 8 de Ceilândia (EQNP 13/17, Área Especial, Setor P Norte) estão sendo remanejados para a UBS 11 da cidade, localizada na EQNO 17/18, Setor “O”. A mudança, que é provisória, permitirá que a UBS passe por uma revitalização total, prevista para iniciar em março e com duração estimada de 150 dias.

 

A partir de quinta-feira (27), os serviços da UBS 8 estarão em pleno funcionamento no prédio da UBS 11. Para permitir que a população se adeque à nova rotina de atendimento, as mudanças serão graduais até o início da reforma.

 

“A reforma no prédio trará uma série de benefícios para o atendimento. Vamos ampliar as salas de consulta, fazer melhorias nos serviços ofertados aos usuários e no trabalho das equipes. Além disso, todos servidores receberão treinamentos para ampliar as práticas de atendimento humanizado para a população”, conta a gerente da UBS 8, Cristina Gonçalves.

 

Um total de seis equipes de Saúde da Família e o Núcleo de Apoio à Saúde da Família (Nasf) já prestam atendimento à comunidade no novo local. Outro serviço que já foi transferido é o da farmácia. Desde quinta (20), a dispensação de medicamentos já ocorre em um novo espaço da UBS 11, preparado especialmente para essa função. Todo esse remanejamento envolve o trabalho de cerca de 70 servidores.

 

Parte da equipe administrativa, servidores da área de enfermagem e de odontologia ainda permanecem na UBS 8 para realizar o acolhimento dos pacientes. Todas as informações estão sendo prestadas aos usuários de ambas as unidades de saúde de modo a garantir que a população não seja prejudicada e as mudanças ocorram da melhor maneira possível. Também foram afixados cartazes e faixas informativas nas duas instalações e nas vias próximas. Caso necessite de mais esclarecimentos, o cidadão pode procurar a gerência da unidade.

 

READEQUAÇÃO TOTAL – Iniciativa do GDF em parceria com o Instituto Tellus, o projeto tem patrocínio da Ambev e financiamento de R$ 729 mil por parte do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

 

A reforma contará com melhorias físicas e envolveu uma série de profissionais e usuários para identificar as possibilidades de ainda mais humanização no atendimento, implantação de um novo modelo prestação de serviços, envolvendo aspectos de organização de fluxos de trabalho e comunicação visual. Encontros e pesquisas para escutar a população e os servidores da SES-DF apoiaram as definições do projeto.

 

Os treinamentos dos servidores abordaram temas como Comunicação Não-Violenta, Atendimento Humanizado, melhorias na gestão, entre outros. “A frente de educação vai aperfeiçoar ainda mais os servidores nas práticas de atendimento humanizado. Em conjunto com as melhorias no prédio da UBS 8, esperamos nos tornar referência no DF”, completou Cristiana.

 

“É uma reforma praticamente total. Precisamos ter paciência porque quando retornarmos para a UBS, vamos ter um ganho muito grande para a população. Esse projeto está sendo feito para nós. Vai melhorar sensivelmente o atendimento que temos hoje”, explica a conselheira de saúde de Ceilândia, Maria José Machado.

 

Para saber mais, é possível acessar as perguntas e respostas frequentes (FAQ) no site www.saude.df.gov.br/ ou ligar para o Disque Saúde pelo número 160.

 

Percy Souza, da Agência Saúde