Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
5/09/19 às 13h51 - Atualizado em 5/09/19 às 17h59

Primeira-dama lança campanha para arrecadar livros e brinquedos para crianças

Projeto Vem Brincar Comigo foi dividido em duas frentes – doação e ação lúdica

 

Foto: Joel Rodrigues/Agência Brasília

Com o filho Mateus nos braços, a primeira-dama do Distrito Federal, Mayara Noronha, lançou, nesta quarta-feira (4), o Projeto Vem Brincar Comigo. A intenção é arrecadar livros e brinquedos para doar a crianças em situação de vulnerabilidade.

 

A ação visa, também, comemorar o Dia das Crianças, com diversas ações de lazer e sociabilidade educativa, no próximo dia 12 de outubro. Na solenidade, Mateus Noronha fez doação de livros e brinquedos, um deles um boneco com a roupa do Flamengo, time do pai, o governador do DF, Ibaneis Rocha.

 

O Vem Brincar Comigo foi dividido em duas frentes: doação e ação lúdica. As doações tiveram início em evento de inauguração nesta quarta-feira (4), no Salão Nobre do Palácio do Buriti, e terão atividades até 30 de setembro.

 

A ideia é que a campanha de doação estimule o público interno (servidores do GDF) e externo, envolvendo toda a sociedade. Os pontos de coleta estão distribuídos por órgãos e empresas do GDF, administrações regionais, quartéis da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros, delegacias, unidades do Na Hora e outros pontos, em parceria com empresas privadas.

 

Já o evento lúdico do Dia das Crianças será realizado no estacionamento 13 do Parque da Cidade. A intenção é promover atividades de lazer e sociabilidade educativa, valorizando a criança e estimulando a autoestima infantil, o raciocínio lógico, as expressões oral e corporal, a coordenação motora, a percepção auditiva e visual da criança. Além disso, a iniciativa proporcionará jogos e brincadeiras educativas.

 

Foto: Joel Rodrigues/Agência Brasília

MOBILIZAÇÃO – Segundo Mayara Noronha, a ação surgiu em decorrência da campanha do agasalho. “Tenho apoiado diversas ações. A campanha do agasalho foi um sucesso e superou minhas expectativas. E nessa campanha quero superar mais ainda”, afirmou a primeira-dama.

 

“A data é muito importante para as crianças do DF e elas merecem muito a nossa atenção. A campanha vem justamente com a intenção de interagir o público da iniciativa privada, GDF, crianças, alunos de universidades e comunidade. Pensamos nessa frase de efeito porque quando as crianças encontram outras crianças ou adultos elas usam essas frases. É uma forma de interagir com as crianças, de incentivá-las também a fazer a doação. A ideia de colocar esse título foi proposital”, pontuou Mayara.

 

Advogada de família, Mayara falou também sobre a importância de debater e criar políticas de atendimento às crianças e adolescentes. “A campanha não é só de doação de brinquedos. É, também, para estimular a leitura nas nossas crianças. Como estou à frente do programa Criança Feliz Brasiliense, que tem como anseio estimular a criança na primeira infância, nada melhor do que a literatura. É por meio da literatura que expandimos novos horizontes, que a gente cria e fantasia, enquanto crianças, mundos que só a criança tem”, completou a primeira-dama.

 

A ideia, segundo Mayara, é unir forças para angariar doações de empresários e da comunidade. A expectativa é de receber 30 mil doações. As instituições atendidas ainda serão escolhidas. “Os administradores são as pessoas mais capazes de identificar, em suas regiões, a instituição que mais precisa. Não quero abraçar só as instituições que já são cadastradas em nosso rol. Quero levar para quem ainda não recebeu”, concluiu.

 

A primeira-dama falou, ainda, sobre a importância de debater e criar políticas de atendimento às crianças e adolescentes, bem como facilitar processos de adoção no país. “Sabemos da importância desse procedimento, da burocracia enfrentada e das dificuldades nos processos de adoção. Infelizmente, muitas mães não conseguem gerar uma criança e, ao mesmo tempo, temos filas enormes de crianças para serem adotadas”, lamentou, acrescentando os passos que tem dado no sentido de resolver o problema.

 

“Em reunião com a primeira-dama do Mato Grosso, falei para ela sobre a vontade que tenho de criar políticas públicas de atendimento, abordar o Congresso Nacional para garantirmos o que já está na Constituição Federal, que é o direito à família, a uma infância saudável. Precisamos unir forças. É preciso dar o pontapé. Vou me aprofundar sobre o tema. Nossos [departamentos] jurídicos já estão trabalhando. A primeira dama do país, Michelle Bolsonaro, está receptiva. Percebi que, se precisarmos de apoio do governo federal, ela está disposta a ajudar”, acrescentou Mayara, referindo-se à primeira-dama mato-grossense, Virgínia Mendes.

 

Foto: Renato Alves/Agência Brasília

INTEGRAÇÃO – O secretário de Governo, José Humberto Pires, falou sobre a importância da campanha. “É preciso o envolvimento de todos nós nesta campanha, que é para todas as crianças carentes do Distrito Federal. Sabemos que há uma frustração da criança que não recebe um presente no Dia das Crianças. Ver o próximo recebendo tem mais valor para nós, que damos, do que para o próximo que recebe”, frisou o secretário.

 

“Nosso governo está muito integrado, com pessoas competentes que se importam com os mais pobres, que estão preocupadas com um bem comum. Somos agentes de mudança. Fiquei muito feliz com essa iniciativa da primeira-dama”, acrescentou José Humberto.

 

José Humberto também se prontificou a fazer uma reunião com os administradores regionais para que sejam distribuídos panfletos nas cidades, de casa em casa, com a ajuda de voluntários, de forma a incentivar as doações.

 

“Tem muita gente que tem brinquedos em casa que já foram deixados pelos filhos e netos. E essas pessoas que querem ajudar estão esperando uma oportunidade. Dando essa oportunidade, tenho certeza que as pessoas ajudam”, destacou o secretário, mencionando frentes importantes nesse processo – entidades religiosas e sociais, igrejas e classe empresarial.

 

Além de Virgínia Mendes e de José Humberto, prestigiaram o evento o secretário de Saúde do DF, Osnei Okumoto; a secretária da Mulher do DF, Ericka Filippelli; o secretário da Juventude, Léo Bijos; a secretária de Assistência Social e Cidadania do Mato Grosso, Rosa Maria Ferreira de Carvalho; a empresária Elaine Patrícia, que participou da doação de brinquedos para o evento; e a advogada e arquiteta Marcela Passamani, apoiadora do programa.

 

Da Agência Saúde, com informações da Agência Brasília