Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
5/10/16 às 18h01 - Atualizado em 30/10/18 às 15h16

Atendimento à violência terá novo fluxo na rede pública

COMPARTILHAR

Documento com a proposta ficará disponível para consulta até o final do mês

BRASÍLIA (05/10/16) – A Secretaria de Saúde do DF montará um novo fluxo de atendimento às pessoas em situação de violência. A intenção da equipe técnica do Núcleo de Estudos e Programas na Atenção e Vigilância em Violência (Nepav) é que este novo plano seja construído de forma coletiva e conte com a colaboração dos profissionais de saúde da SES/DF, possibilitando sua aplicação de forma norteadora na SES.

A nova estratégia de atuação foi elaborada pelo Nepav, pelos Núcleos de Prevenção e Assistência à Situação de Violência (Nupav) e pelos Programas de Pesquisa, Assistência e Vigilância à Violência (PAV). A proposta está em conformidade com os parâmetros estabelecidos pela Linha de Cuidado para Atenção Integral à Saúde de Pessoas em Situação de Violência preconizada pelo Ministério da Saúde.

“A construção desta proposta retrata o aprimoramento da qualidade técnica da estruturação do processo de trabalho dos profissionais que atuam na proteção e no cuidado às pessoas em situação de violência. Espera-se que a implementação do fluxo potencialize a garantia do direito à saúde e a articulação com a rede de proteção social”, destaca a chefe do Nepav, Fernanda Figueiredo.

O estabelecimento de um fluxo é imprescindível para nortear uma intervenção multiprofissional fundamentada no cuidado e na humanização do atendimento às pessoas em situação de violência. A linha de cuidado comporta quatro dimensões: acolhimento, atendimento, notificação e seguimento na rede.

O documento com a proposta do novo fluxo ficará disponível para consulta pública no site da SES até o dia 31 de outubro.
As contribuições podem ser encaminhadas pelo e-mail: nepavsaude@gmail.com, com o assunto: CONSULTA PÚBLICA FLUXO VIOLÊNCIA.