Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
21/02/19 às 14h25 - Atualizado em 27/02/19 às 10h36

Programa de acolhimento recebe calouros de medicina e enfermagem da Escs

COMPARTILHAR

 

Teve início nesta semana a abertura do ano letivo da 19º Turma de Medicina e da 11º Turma de Enfermagem da Escola Superior de Ciências da Saúde (Escs), vinculada à Secretaria de Saúde do Distrito Federal. Para recepcionar os novos estudantes, várias atividades serão desenvolvidas, ao longo de quatro semanas, pelo acolhimento organizado por docentes e discentes da Escs.

 

O objetivo é que haja integração entre os estudantes veteranos, docentes, novatos e que estes conheçam a realidade da escola. Serão realizadas atividades de boas-vindas aos calouros, com ações solidárias, como doação de sangue, palestras direcionadas aos estudantes sobre depressão estudantil, entre várias outras ações promovidas pelo acolhimento.

 

A primeira delas foi a solenidade de abertura do ano letivo, na segunda-feira (19), no auditório da Fundação de Ensino e Pesquisa em Ciências da Saúde (Fepecs), mantenedora da Escs. O evento contou com a presença dos 160 estudantes matriculados, familiares e amigos.

 

Na solenidade, o diretor executivo da Fepecs, Marcos de Sousa Ferreira, destacou a vitória dos alunos aprovados e a importância da Escola Superior de Ciências da Saúde.

 

“Destacamos que a Escs apresenta, desde 2008, conceitos elevados no Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade/MEC), sendo uma das melhores Instituições de Ensino Superior do Brasil, com modelo pedagógico inovador, aprendizagem centrada no estudante, com ensino baseado em problemas e didática construtivista. Isso é algo excepcional, e oferece um ensino de alto nível”, ressaltou o diretor no evento.

 

O encerramento oficial do primeiro dia de acolhimento foi com a aula inaugural apresentada pela docente de Enfermagem Daniela Martins. O tema foi “A formação profissional da saúde: desafios e potencialidades”. A proposta apresentada pela docente foi fazer uma reflexão junto com os aprovados sobre o compromisso da Escs na formação cidadã no contexto social e educacional atual.

 

ESCS – A escola oferece 80 vagas anuais para cada curso de graduação em enfermagem e em medicina, sendo 32 delas reservadas, em cada curso, para o sistema de cotas. Se inscreveram no último processo seletivo somente os candidatos que participaram da edição de 2018 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e que, cumulativamente, tiveram notas mínimas para serem aprovados.

 

Da Agência Saúde com Ascom Fepecs
Foto: Divulgação Fepecs

Leia também...