Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
27/01/14 às 11h06 - Atualizado em 30/10/18 às 15h10

Programa de Obesidade inicia duas turmas no Recanto das Emas

COMPARTILHAR

Metodologia adotada pelo programa é sucesso na comunidade 

Na última terça (21) teve início a 3ª turma do PROBEM (Programa Obesidade Embora) do Centro de Saúde Nº 2 do Recanto das Emas, que conta com 90 participantes. Na ocasião, houve a apresentação da metodologia adotada pelo programa para a metade da turma e a outra metade terá seu primeiro encontro com a equipe nesta terça-feira (28).

O programa que trata pacientes com obesidade leve, moderada e grave e faz sucesso entre a comunidade, inicia o ano com inovações para melhor atender o público. Entre elas, foi criado o PROBEM OPEN, ou seja, uma turma com 40 participantes que terá seus encontros a partir de 26 de fevereiro na Clínica da Família (Q 104). Este grupo, ao contrário do PROBEM tradicional, poderá receber integrantes da lista de espera, em caso de desistências, a qualquer momento, não necessitando que as pessoas aguardem o encerramento da turma para poderem participar.

Segundo a endocrinologista Raquel Bevilaqua, esta é uma forma de incentivar o participante a levar o tratamento com seriedade, pois ao desistir cederá à vaga para outra pessoa e se desejar retornar terá que ir para o final da fila.

A primeira turma do PROBEM OPEN será formada por novos e antigos participantes. Esta é uma forma de incentivar as pessoas que integraram as duas primeiras turmas do programa a continuarem perdendo peso e manterem os hábitos saudáveis, e ao mesmo tempo mostrar aos novatos os bons resultados do tratamento, para que se sintam inspirados a prosseguir. Neste novo modelo de turma não haverá divisão entre obesos leves, moderados e graves, como no PROBEM tradicional, ou seja, todos serão atendidos juntos. Já a abordagem do conteúdo, o acompanhamento e a dinâmica de atividades serão iguais.

Outra inovação é que para essas novas turmas a equipe do PROBEM agendou todos os exames necessários para início do acompanhamento, para que os participantes apenas comparecessem ao laboratório para realizá-los.

As duas turmas serão atendidas durante os próximos seis meses simultaneamente. No final do tratamento a avaliação será proporcional, e haverá premiação para os melhores resultados.

Para o coordenador das Práticas Integrativas no Recanto, Natal Silva, parte dos resultados positivos obtidos pelo programa se deve ao companheirismo dos participantes, que muitas vezes se unem para a prática de exercícios físicos, ou até mesmo para trocar receitas saudáveis. Este movimento inspirou os organizadores a experimentarem atividades diferenciadas como, por exemplo, as gincanas. Toda essa interação faz com que o programa apresente uma resposta melhor a cada semestre.

A nutricionista Clarissa Araújo enfatiza que o programa é voltado para pacientes obesos e não para pacientes com sobrepeso. Nesse caso, a pessoa deve procurar o Centro de Saúde para fazer o acompanhamento no consultório.

Os interessados podem se dirigir a Sala do Adulto, no Centro de Saúde Nº 02, ou ao NEPS, na Clínica da Família (Q 104), para deixarem seus nomes na lista de espera.

Por Cristiani Mendes, da Agência Saúde DF
Atendimento à imprensa:
(61) 3348-2547/2539 e 9682-9226