Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
15/10/21 às 11h13 - Atualizado em 15/10/21 às 13h21

Sábado (16) é o Dia D da multivacinação

Das 8h às 17h, serão 76 pontos de vacinação abertos para crianças e adolescentes de zero a menores de 15 anos atualizarem a caderneta

 

JOHNNY BRAGA | REVISÃO: JULIANA SAMPAIO | DA AGÊNCIA SAÚDE-DF

 

Neste sábado (16) a Secretaria de Saúde vai abrir 76 pontos de vacinação para que crianças e adolescentes de zero a menores de 15 anos atualizem a caderneta vacinal. É o Dia D da campanha nacional de multivacinação que ocorre em todo o país. Serão oferecidas todas as vacinas do calendário básico que protegem contra doenças como sarampo, caxumba, varicela, meningite e HPV. Vacinas salvam vidas. E você não vai querer deixar seu filho com o cartão de vacina incompleto, vai?

 

Campanha de multivacinação objetiva completar as vacinas em falta na caderneta de vacinação – Foto: Breno Esaki/Agência Saúde-DF

“No ano passado vimos uma grande queda na cobertura das principais vacinas disponíveis pelo SUS. Neste ano a situação tem melhorado, mas ainda sem atingir a cobertura ideal da maioria das vacinas. Por isso, é importante contar com a adesão da população nesta campanha e que as crianças e adolescentes completem o seu esquema vacinal, só assim manteremos erradicadas ou diminuiremos a gravidade de diversas doenças”, destaca o subsecretário de Vigilância à Saúde (SVS), Divino Valero.

 

Conforme informado pelo subsecretário da SVS, das vacinas do calendário básico, apenas a BCG atingiu a meta preconizada pelo Ministério da Saúde e alcançou 95,7% do público-alvo. Essa vacina, que previne a tuberculose, é oferecida nas maternidades dos hospitais da rede pública e na Casa de Parto desde 2020. Cabe lembrar que todas as vacinas estão disponíveis durante todo o ano nas salas de vacina do DF.

 

Confira a lista com os pontos de vacinação aqui.

 

Campanha

 

A campanha de multivacinação começou no dia 1º de outubro e já atualizou a caderneta de vacinação de 72,5% das 6.756 crianças e adolescentes que compareceram nas salas de vacina. Ou seja, do total que procurou os postos, 4.895 estavam com alguma vacina em atraso. A meta da campanha é alcançar o maior número possível desse público que esteja com vacinas pendentes e aumentar a cobertura vacinal.

 

Veja a cobertura vacinal atual do Distrito Federal:

 

 

A cobertura vacinal no DF dessas vacinas está distante da meta de alcançar 80% do público-alvo para as vacinas contra o HPV e meningocócica C e meningocócica ACWY em adolescentes; 90% para as vacinas BCG e Rotavírus; e 95% para as demais vacinas indicadas na rotina do Calendário Nacional de Vacinação, inclusive a meningocócica C em crianças.

 

Nos locais de vacinação, os profissionais de saúde irão verificar se há alguma vacina do calendário básico em falta. Se sim, o imunizante poderá ser aplicado na hora. Cabe lembrar que a campanha de multivacinação não contempla a vacina contra a Covid-19.