Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
26/04/16 às 19h50 - Atualizado em 30/10/18 às 15h14

Santa Maria e Planaltina recebem ações contra o Aedes aegypti

COMPARTILHAR

Nesta semana, força-tarefa também fará vistoria no trajeto da tocha olímpica

BRASÍLIA (26/04/16) – A semana será intensa para as equipes da força-tarefa do governo de Brasília contra o Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue, do zika vírus e da febre chikungunya. De ações de oito horas, seguidas de vistorias de possíveis criadouros do inseto em Planaltina, a atividades de busca de focos no percurso da tocha olímpica, 90 bombeiros e 60 agentes de saúde vão estar diariamente em trabalhos contra a proliferação do vetor.

Nesta terça-feira (26) de manhã, o efetivo vistoriou residências de Santa Maria. Na região administrativa, já foram diagnosticadas com dengue 265 pessoas. O número é 85% maior do que no mesmo período do ano passado, de acordo com o informativo epidemiológico divulgado em 20 de abril. A operação deverá se repetir na quinta-feira (28) para reforço.

A quarta-feira (27) está reservada para ações em Planaltina. Das 8 às 16 horas, o grupo fará vistorias em busca de focos e usará carros fumacês — que aplicam inseticidas ou larvicidas contra o Aedes aegypti. Segundo o último boletim epidemiológico, 850 moradores contraíram dengue. A região administrativa é a quinta com o maior número de confirmações, seguida de Brazlândia (1.673), Ceilândia (1.154), São Sebastião (955) e Taguatinga (856).

TOCHA OLIMPICA – Na sexta-feira (29), os agentes da força-tarefa vão inspecionar o percurso por onde passará a tocha em 3 de maio. A chama percorrerá 105 quilômetros por cinco regiões administrativas: Lago Sul, Plano Piloto, Riacho Fundo I, Setor de Indústria e Abastecimento e Taguatinga. A rota será feita a pé, de bicicleta, em rapel, embarcações e até mesmo a nado.

Para definir detalhes dessa vistoria, o grupo vai se reunir na quinta-feira (28). Fazem parte dele a Agência de Fiscalização do Distrito Federal, a Casa Civil, o Corpo de Bombeiros Militar, a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Distrito Federal, a Secretaria de Saúde, o Serviço de Limpeza Urbana e a Subsecretaria de Proteção e Defesa Civil, vinculada à Secretaria da Segurança Pública e da Paz Social.

Leia também...